Guardiões da Galáxia | Como a Marvel criou Rocket Raccoon

Filmes

Artigo

Guardiões da Galáxia | Como a Marvel criou Rocket Raccoon

Personagem nasceu da união de animal, irmão de James Gunn e Bradley Cooper

Fábio de Souza Gomes
07.02.2019
15h09
Atualizada em
07.02.2019
15h25
Atualizada em 07.02.2019 às 15h25

Rocket Raccon tornou-se um dos principais personagens não apenas da franquia Guardiões da Galáxia, mas também da Marvel. Para dar vida ao herói, James Gunn não contou apenas com a voz de Bradley Cooper, mas com um time completo de atores, animadores e até um animal de verdade que utilizou para basear os movimentos do parceiro de Groot.

Uma das primeiras atitudes de Gunnn foi encontrar um guaxinim para poder estudá-lo e, com isso, descobriu o pequeno Oreo. Abandonado com apenas dois dias, ele foi encontrado por Sallie Rainbow, uma das fundadoras do grupo de proteção a animais exóticos Oreo and Friends. “Nós precisávamos entender como ele agia e parecia. Precisávamos dele para que o nosso CGI fosse o mais realista possível”, afirmou ao ComicBookMovie.

Graças ao pequeno animal, os animadores entenderam que precisariam fazer ajustes no modelo animado de Rocket e, assim, conseguiram demonstrar ainda mais como ele era um experimento científico. O maior exemplo disso está no peito do herói, que é muito mais largo que o de um guaxinim normal. Para deixar clara a mudança sofrida pelo personagem, os animadores cobriram suas costas de metais e cicatrizes – demonstradas na cena da prisão no primeiro filme.

Como Cooper não poderia fazer o animal no set, o diretor contou com duas pessoas para interpretá-lo durante as gravações. A primeira delas era a anã Arti Shah, que usava uma máscara de Rocket em seu peito para que servir de guia para os atores no set. A outra pessoa que colaborou com o personagem foi o próprio irmão de James Gunn, Sean Gunn.

O ator era mais do que um stand-in e o cineasta usou seu irmão como referência para os movimentos do herói, filmando tudo o que ele fazia. “Eu não paro de filmar até conseguir a performance que eu quero e, por isso, usamos ela como base para atuação de Rocket. E ele fez um trabalho fantástico. Ele sabe disso, ele entende isso. Sean é fisicamente capaz de fazer coisas que atores não conseguem fazer, como andar de quatro com naturalidade”, afirmou durante uma sessão ao vivo de Facebook em 2014.

Por fim, James Gunn utilizou a voz de Bradley Cooper para dar a personalidade final que faltava ao personagem. “Rocket é a combinação de nosso dublador, meu irmão Sean e os movimentos, o comportamento e a aparência de Oreo, além da própria animação”, finalizou na época ao ComicBookMovie.

Oreo, que deu origem a toda essa jornada, faleceu esta semana aos dez anos - leia mais