O músico Marilyn Manson

Créditos da imagem: Divulgação

Música

Notícia

Grammy 2022: CEO explica Marilyn Manson e Louis CK, acusados de abuso, indicados

"Não vamos olhar os históricos das pessoas", afirmou o presidente do Harvey Mason Jr.

Eduardo Pereira
23.11.2021
22h33

Harvey Mason Jr., o CEO da Recording Academy, organização responsável pela organização e realização do Grammy, explicou ao TheWrap por que a lista de indicados à premiação de 2022 incluiu dois acusados de abuso sexual: Marylin Manson, músico, e Louis C.K., comediante.

"Nós não vamos restringir as pessoas que podem submeter seu material para consideração. Não vamos olhar para o histórico das pessoas, não vamos olhar para o histórico criminal das pessoas, não vamos olhar para nada além da legalidade dentro de nossas regras; se essa gravação é elegível por data e outros critérios", afirmou Mason Jr. "Se é, então eles podem submeter à consideração".

Ele continuou: "O que vamos controlar são os nossos palcos, nossos shows, nossos eventos, nossos tapetes vermelhos. Nós daremos uma olhada em qualquer pessoa que queira ser uma parte disso, pedindo para participar, e vamos tomar decisões a partir desse ponto. Mas não vamos entrar no negócio de restringir pessoas de submeterem seu trabalho para que os votantes decidam".

Manson, cujo nome real é Brian Warner, foi acusado de abuso sexual por múltiplas mulheres com quem manteve relacionamentos ao longo das últimas décadas. Ele, que nega as acusações, foi indicado duas vezes ao Grammy 2022 por colaborações com o álbum DONDA, de Kanye West. Embora Manson não seja o principal compositor, ele é considerado um indicado por conta do regulamento da premiação. Assim, ele soma seis indicações ao Grammy na carreira.

Quanto a Louis C.K., o álbum do comendiante Sincerely Louis CK foi indicado a Melhor Álbum de Comédia ao lado de colegas como Kevin Hart, Chelsea Handler e Lewis Black. C.K. admitiu, em meio ao ápice do movimento #MeToo contra o abuso sexual no meio do entretenimento, ter protagonizado diversos episódios de má conduta sexual no meio artístico.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.