Grammy 2019 | Baterista do Pantera, Vinnie Paul é esquecido no In Memoriam

Créditos da imagem: Alfred Nitsch

Música

Notícia

Grammy 2019 | Baterista do Pantera, Vinnie Paul é esquecido no In Memoriam

Premiação tem histórico de esnobar o heavy metal

Julia Sabbaga
11.02.2019
11h35

O 61º Grammy, que aconteceu ontem, dia 10, foi alvo de críticas do público fã de metal após não ter colocado o falecido baterista do Pantera, Vinnie Paul, na seção de In Memoriam

A Academia é frequentemente criticada por ter apenas uma categoria de heavy metal, como melhor performance de metal. Na premiação de ontem, o vitorioso foi High On Fire, com "Electric Messiah". Esta também não é a primeira vez que o Grammy se esquece de músicos falecidos do gênero; eles também não incluíram Jeff Hanneman, do Slayer, ou Paul Gray, do Slipknot, no In Memoriam

Paul morreu em 22 de junho de 2018 aos 54 anos. Junto com seu irmão, o guitarrista Dimebag Darell, Paul deu início a uma das bandas mais importantes do metal, o Pantera. Ao lado do vocalista Phil Anselmo e do baixista Rex Brown, eles criaram clássicos como Cowboys From HellWalk 5 Minutes Alone.

Mais recentemente, o baterista trabalhava na banda Hellyeah