Game of Thrones | George R.R. Martin diz que série derivada poderia se chamar A Longa Noite

Créditos da imagem: HBO/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Game of Thrones | George R.R. Martin diz que série derivada poderia se chamar A Longa Noite

Autor deu detalhes sobre projeto em seu blog

Camila Sousa
11.06.2018
15h08
Atualizada em
29.06.2018
02h38
Atualizada em 29.06.2018 às 02h38

George R.R. Martin usou seu blog pessoal para falar sobre a série derivada de Game of Thrones, oficializada recentemente pela HBO - saiba mais.

O autor confirmou que, por enquanto, a temporada inteira ainda não está garantida e o canal deu sinal verde apenas para o episódio piloto. A história será situada dez mil anos antes da série principal, e por isso não contará com nenhum personagem conhecido pelo público.

"Estamos em estágios iniciais, claro, já que o piloto acabou de ser oficializado, então ainda não temos diretor, elenco, locação ou até mesmo um título (meu voto seria para A Longa Noite, que já explica tudo, mas eu ficaria surpreso se fosse esse mesmo. É mais provável que a HBO queira colocar Game of Thrones em algum lugar. Saberemos cedo ou tarde)", escreveu o diretor, dando pistas da história que será contada.

Nos livros, A Longa Noite mostra uma fase em que Westeros ficou em uma escuridão praticamente sem fim. Nessa época é apresentado o personagem Azor Ahai, citado em Game of Thrones, e Bran, o Construtor, fez a conhecida Muralha de Gelo. A Patrulha da Noite também foi formada nesse período - saiba mais. Jane Goldman escreveu o piloto da série anunciada e será a showrunner, caso o seriado inteiro seja encomendado

Martin também falou sobre os outros projetos de séries derivadas. Enquanto antes eram entre quatro e cinco ideias, uma dessas foi cortada. Então agora há outras três séries derivadas que estão em desenvolvimento ativo. "Tudo o que me disseram indica que podemos gravar pelo menos mais um piloto, talvez mais de um, nos próximos anos. Nós temos um mundo inteiro e dezenas de milhares de anos de história para contar, afinal de contas. Mas isso é televisão, então nada é certo".

Para finalizar, o autor garantiu que o livro The Winds of Winter continua como sua prioridade: "É ridículo pensar de outra forma. Se eu não estivesse tão ocupado com Ventos, vocês não acham que eu mesmo estaria escrevendo um ou mais pilotos desses? Não é como se eu nunca tivesse escrito para a TV", completou.

Ainda não há previsão de estreia ou detalhes adicionais para a série derivada de Game of Thrones.