Um Príncipe em Nova York | Arsenio Hall diz que mulheres são foco da sequência

Filmes

Notícia

Um Príncipe em Nova York | Arsenio Hall diz que mulheres são foco da sequência

Atrizes do elenco também elogiam o empoderamento feminino no novo filme

Julia Sabbaga
22.02.2021
18h00

Alguns elementos precisavam ser modernizados ao trazer a história de Um Príncipe em Nova York para 2021, mas a sequência - que será lançada no Prime Video em 5 de março - acertou em cheio ao focar em desenvolver melhor as personagens femininas. A questão, que se torna um tema central no novo filme, está presente tanto na rainha Lisa (Shari Headley) quanto nas princesas de Zamunda e até nas mulheres ao redor do reino. 

Um dos protagonistas do primeiro filme que retorna em Um Príncipe em Nova York 2Arsenio Hall aclamou o longa pela decisão, dizendo que construir um novo projeto com os temas em alta hoje em dia foi um acerto. Durante uma entrevista coletiva sobre o novo filme, o ator foi questionado sobre o que está mais animado para que as pessoas vejam:

"A mensagem de empoderamento feminino", respondeu. "Eu tenho muito orgulho desse filme por mil motivos, como esse. Lá estava eu, às 2h da manhã, vendo Bella [Murphy, que interpreta Omma] e Ms. Love [Akiley, que interpreta Tinashe] acabando com as pessoas. O que esse filme faz, o que ele fala, sobre mulheres, é incrível." 

A mensagem também foi aclamada pelas atrizes, como Nomzamo Mbatha, uma das adições do elenco: "O tema central deste filme é o poder da voz feminina. É o que eu amo da sequência". A atriz, que interpreta a personagem Mirembe, falou sobre o retrato das mulheres no longa: "Estou muito animada para que todas, todas as garotas negras, todas as garotas ao redor do mundo, se vejam e se ouçam nesse tema".

Bella Murphy, que interpreta a filha do protagonista, completou: "Sinto que essa história mostra que mulheres podem fazer as coisas tão bem quanto os homens, senão melhor".

Na sequência, o príncipe Akeem Joffer (Eddie Murphy), agora rei, descobre a existência de um filho (Jermaine Fowler) com uma mulher americana (Leslie Jones) e parte ao lado de seu confidente Semmi (Arsenio Hall) para encontrá-lo.

Kenya Barris (Black-ish, Um Salão do Barulho 3) escreve o roteiro, e Craig Brewer dirige o novo longa.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.