True Lies: Jamie Lee Curtis explica por que Schwarzenegger não a queria no filme

Créditos da imagem: Jamie Lee Curtis e Arnold Schwarzenegger em cena de True Lies (Reprodução)

Filmes

Notícia

True Lies: Jamie Lee Curtis explica por que Schwarzenegger não a queria no filme

Atriz disse que o astro de ação era um velho amigo de seu pai, Tony Curtis

Caio Coletti
15.10.2021
16h58

Jamie Lee Curtis quase foi barrada de True Liesum de seus papéis mais icônicos, por ordem de Arnold Schwarzenegger. A atriz explicou ao Yahoo! por que o astro de ação não a queria no filme de James Cameron.

"Arnold só me conhecida como a filha de Tony", comentou, se referindo ao ator Tony Curtis, com quem Schwarzenegger trabalhou no telefilme Um Natal em Connecticut, apenas dois anos antes de True Lies.

"Eu acho que Arnold olhou para mim e pensou que seria estranho me escalar como sua esposa. Seria como beijar a sua sobrinha ou algo assim. Ele amava muito Tony", continuou a atriz.

Segundo Curtis, no entanto, foi o próprio Cameron que convenceu Schwarzenegger do contrário. "Jim disse a ele: 'Não, eu escrevi esse papel para ela. Ela é a pessoa certa para fazer isso com você'", contou.

Em True Lies, Harry (Schwarzenegger) é um operativo de alto escalão de uma agência de inteligência americana, que esconde sua identidade secreta por trás de uma fachada suburbana, que inclui a mulher, Helen (Curtis), e os dois filhos.

Quando Helen decide escapar o tédio da vida de dona de casa, acaba sendo recrutada pela mesma agência do marido e parte com ele (meio sem querer) para salvar o mundo, buscando revitalizar o seu casamento no processo.

O longa de 1994 foi um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de US$ 378 milhões ao redor do mundo, e vai ganhar um remake em breve para a TV.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.