Tom Holland em O Impossível, Homem-Aranha: De Volta ao Lar e A Batalha das Correntes

Créditos da imagem: Warner Bros. Pictures/Marvel Studios/Bazelevs Company

Filmes

Lista

Os papeis mais marcantes da carreira de Tom Holland

Nos 24 anos do Homem-Aranha, relembramos como ele chegou até MCU

Julia Sabbaga
01.06.2020
14h29

Hoje o querido Homem-Aranha do MCU, Tom Holland, comemora 24 anos de idade, e a data não poderia passar em branco. Como o membro mais jovem da equipe dos Vingadores, o ator teve uma trajetória meteórica até chegar na Marvel Studios, graças a seus poucos porém aclamados papeis anteriores. 

Celebrando a data, revisitamos os principais papeis de Holland nas telas, e aquecemos para seus projetos futuros. Confira:

O Impossível (2012)

Tom Holland em O Impossível
Warner Bros. Pictures/Divulgação

O primeiro papel de Tom Holland nos cinemas aconteceu no drama O Impossível, de 2012, com Ewan McGregor e Naomi Watts, mas ele já era um ator desde 2008. Até lá, Holland era conhecido por suas atuações nos palcos, e interpretou Michael, o melhor amigo de Billy Elliot na peça em Londres de 2008 a 2010, e passou a interpretar o próprio protagonista em 2010. Neste mesmo ano, ele emprestou sua voz para um personagem do filme O Mundo dos Pequeninos, do Studio Ghibli

E então, em 2012, ele fez sua estreia nas telonas em O Impossível, filme de J.A Bayona, que conta a história real de uma família sobrevivente do tsunami do Oceano Índico em 2004. Sua atuação como um dos filhos foi fortemente elogiada, com alguns críticos até considerando uma indicação ao Oscar para Holland. Pelo papel, ele venceu o Young Artist Awards em 2013 e levou prêmios de ator revelação no National Board of Review, London Critics Circle Film Awards e Empire Awards

Minha Nova Vida (2013)

Tom Holland em Minha Nova Vida
Cowboy Films/Divulgação

Seu próximo longa foi Minha Nova Vida, de 2013, em que estrelou ao lado de Saoirse Ronan. Baseado no livro de Meg Rosoff, o longa conta a história de uma garota americana que é mandada para o campo na Inglaterra para ficar com familiares. Holland interpreta o primo da menina, Isaac. 

Wolf Hall (2015)

Tom Holland em Wolf Hall
BBC Two/Divulgação

Já abrindo o leque para produções bem diferentes de suas passagens no cinema, em 2015 Tom Holland foi escalado em um papel coadjuvante na série inglesa Wolf Hall, interpretando Gregory Cromwell, filho do protagonista Thomas Cromwell, interpretado por Mark Rylance

Holland apareceu em quatro episódios da série, que além de ser estrelada também por Damian Lewis e Claire Foy, foi indicada a oito prêmios no Emmy e três no Globo de Ouro, vencendo como melhor minissérie.

No Coração do Mar

Tom Holland em No Coração do Mar
Village Roadshow Pictures/Divulgação

Também em 2015, Tom Holland foi escalado no filme de Ron Howard, No Coração do Mar, ao lado de Chris Hemsworth e Cillian Murphy. O filme conta a história do naufrágio do Essex em 1820, uma história que viria a inspirar o livro Moby Dick, de Herman Melville.

Apesar de representar um grande lançamento na carreira de Holland, No Coração do Mar foi um considerado um fracasso de bilheteria, tendo arrecadado um total de US$ 93.9 milhões mundialmente contra um orçamento de US$ 100 milhões. O filme também recebeu criticas mistas. 

Capitão América: Guerra Civil (2016)

Tom Holland em Capitão América: Guerra Civil
Marvel Studios/Divulgação

Também em 2015, Tom Holland recebeu a notícia que viraria sua carreira e vida de cabeça para baixo: ele foi escalado como o Homem-Aranha do MCU. Sua entrada na Marvel Studios foi oficializada com o lançamento de Capitão América: Guerra Civil, longa que serviu como introdução do herói ao resto dos Vingadores. No anúncio de sua escalação, no entanto, a Marvel apenas confirmou a produção de um filme solo do Homem-Aranha, desejando manter sua participação em Guerra Civil sob sigilo. 

O histórico de Holland em musicais ajudou sua escalação, já que ele tinha experiência em papeis mais fisicos e exibia habilidades de dança e ginástica. Ainda, o ator sempre se pronunciou como um grande fã do personagem desde pequeno.

Sua estreia em Capitão América foi muito bem-recebida, e o filme acumulou US$ 1,1 bilhão mundialmente, se tornando o maior filme de 2016. 

Z: A Cidade Perdida (2016)

Tom Holland e Charlie Hunnam em Z: A Cidade Perdida
Amazon Studios/Divulgação

Antes de aparecer em seu primeiro filme solo da Marvel Studios, Tom Holland chegou às telonas em Z: A Cidade Perdidaadaptação ao cinema do livro homônimo de não-ficção, de David Grann. Dirigido por James Gray, o filme retrata a história real do soldado britânico e espião Percy Fawcett (interpretado por Charlie Hunnam), que deixou a sociedade vitoriana no começo do século 20 para explorar a Amazônia e ficou obcecado com a ideia de que uma avançada civilização chamada Z existia nas profundezas da floresta. Holland interpreta o filho de Fawcett, Jack.

Apesar de um fracasso comercial (o longa arrecadou US$ 19 milhões mundialmente e teve um orçamento de US$ 30 milhões), Z: A Cidade Perdida foi aclamado pela crítica, e inserido na lista da Time entre os 10 melhores filmes de 2016. 

Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017)

Tom Holland em Homem-Aranha: De Volta ao Lar
Marvel Studios/Divulgação

Em 2017, finalmente Tom Holland estrelou o filme do teioso no MCU, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, se tornando o ator mais jovem a interpretar o herói protagonista em um filme solo no MCU. A performance de Holland em De Volta ao Lar foi super aclamada, e tanto ele, quanto o filme e sua colega de elenco, Zendaya, levaram prêmios no Teen Choice AwardsDe Volta ao Lar se tornou o sexto maior filme de 2017.

A Batalha das Correntes (2017)

Tom Holland em A Batalha das Correntes
Bazelevs Company/Divulgação

Também em 2017, Holland estrelou A Batalha das Correntes, longa protagonizado pelo seu colega de elenco de VingadoresBenedict Cumberbatch, que interpreta Thomas Edison. O filme retrata a disputa de Edison e George Westinghouse pelo sistema elétrico a ser implementado nos EUA. No longa, Holland interpreta Samuel Insull, um magnata britânico.

Co-produzido por Harvey Weinstein, A Batalha das Correntes teve uma longa e árdua batalha para ser exibido, depois de ser quase engavetado pelos escândalos de abuso e assédio sexual do produtor. Ele acabou tendo uma distribuição moderada e arrecadou US$ 11,7 milhões contra um orçamento de US$ 30 milhões. As críticas em relação ao filme foram moderadas, 

Vingadores: Guerra Infinita, Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa (2018/2019)

Tom Holland em Vingadores: Guerra Infinita, Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa
Marvel Studios/Divulgação

Em 2018 e 2019, Tom Holland viveu um intensivão de MCU, estrelando em seguida Vingadores: Guerra Infinita, Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa, o longa que encerrou a Fase 4 do MCU. Ao lado de Jake Gyllenhaal, Holland passou pelo Brasil no fim de 2018, para exibir a primeira prévia do longa na CCXP. 

Com estes três filmes, Holland conquistou diversos marcos na carreira. Enquanto Ultimato é a maior bilheteria da história, Guerra Infinita é a 4ª e Longe de Casa marca como a maior bilheteria na história da Sony.

O segundo filme solo do teioso também ficou para a história como o maior filme do Homem-Aranha nos cinemas, em termos de bilheteria mundial. Ele foi o primeiro filme do personagem a superar o marco de US$ 1 bilhão, com um total de US$ 1,124 bilhão.

Tom Holland ainda tem mais Peter Parker no futuro, e o terceiro filme do teioso está marcado para 5 de novembro de 2021.

No elenco de voz: Um Espião Animal, Dolittle e Dois Irmãos (2019)

Tom Holland em Um Espião Animal, Dolittle e Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
Fox/Universal Pictures/Pixar

Desde a sequência de Homem-Aranha, Holland concentrou seus talentos em diversos papeis como dublador. Em 2019, o ator participou de três produções seguidas no elenco de voz: Um Espião Animal, Dolittle e Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica. 

Enquanto em Um Espião Animal Holland interpreta um dos protagonistas ao lado de Will Smith, as duas outras produções tem outros nomes familiares do MCU. Em Dolittle ele interpreta o cachorro Jip, companheiro do Doutor que conversa com animais interpretado por Robert Downey Jr, conhecido também como o Homem de Ferro. Já em Dois Irmãos, Holland interpreta Ian, irmão de Barley, interpretado por Chris Pratt, conhecido por atuar como Peter Quill em Guardiões da Galáxia