Filmes

Artigo

Star Wars Episódio I - DVD pra jedi nenhum botar defeito!

Extras recriam a emoção da expectativa pelo filme

Érico Borgo
23.10.2001, às 01H00
ATUALIZADA EM 14.11.2016, ÀS 06H08
ATUALIZADA EM 14.11.2016, ÀS 06H08

Confesso que não pretendia comprar o DVD de Star Wars Episódio I - A Ameaça Fantasma.

Como todo bom fã da saga dos cavaleiros Jedi, acompanhei avidamente o desenvolvimento da produção em 1998 e 1999. Sofri com a conexão jurássica que eu dispunha na época para conseguir baixar o teaser-trailer, quando foi disponibilizado na Internet. Estava na fila do Cinemark para comprar o ingresso antecipado, antes mesmo das bilheterias abrirem. Cheguei algumas horas mais cedo para a pré-estréia, fui o primeiro da fila, apesar dos protestos da gerência do cinema que dizia que era muito cedo para organizar a entrada... enfim, fiz tudo o que um bom fã de Guerra nas Estrelas devia fazer e aproveitei cada um desses momentos.

Ao sair do cinema, entretanto, sentia que toda a expectativa foi muito mais emocionante que o filme em si. Não vou entrar em detalhes agora sobre o que gosto e não gosto em A Ameaça Fantasma, mas o primeiro Star Wars original em 20 anos ficou muito aquém do esperado.

Porém, após assisti-lo algumas vezes, percebi que o filme não era sozinho o problema, e sim, as expectativas iniciais que eram altas demais. Dei uma segunda chance à produção e comprei o VHS quando foi lançado, pagando aquele salgadíssimo preço da novidade.

Há alguns meses, quando foi anunciado o DVD e começaram as pré-vendas, não dei bola. Mr. George Lucas já havia tomado o suficiente do meu dinheiro com a caixa da trilogia original, depois a OUTRA caixa remasterizada, os colecionáveis, etc... ledo engano.

Essa semana fui à locadora e lá estava ele, o DVD que eu não queria comprar. Fingi que não vi e aluguei a versão extendida de Imensidão Azul (um filmão). Para minha surpresa, quando chego ao caixa, o dono do lugar estende um dos DVDs pra mim e o oferece a um ótimo preço... comprei um a mais, disse o moço. Assim também não há quem resista, né?

Chegando em casa, fui direto ao disco 2, o dos extras. E que extras!

Toda a emoção da expectativa que eu havia curtido tanto estava lá, registrada na forma de documentários, trailers, clipes, making ofs e muito mais. Me senti como há dois anos, quando acessava o site oficial da produção em busca de novidades. Carregado de informações de bastidores e acompanhando George Lucas em todos os momentos, o lançamento quase faz você se sentir parte de tudo aquilo.

O cuidado foi tamanho que diversas cenas, originalmente excluídas, foram finalizadas para entrar nos discos. Algumas delas como cenas cortadas, outras dentro da narrativa do filme (como a cena do Taxi em Coruscant ou uma volta a mais na corrida de Pods).

Mesmo com tanto conteúdo, a parte técnica não foi deixada de lado. As transições entre os menus do DVD são muito bem feitas e divertidas. Praticamente tudo é legendado e comentado pelos principais profissionais envolvidos. Um trabalho magnífico.

Quer você tenha gostado do filme ou não, a versão em DVD de Episódio I é uma aula sobre o que será a produção de cinema no futuro e, principalmente, estabelece os padrões de como deve ser um bom lançamento em DVD daqui em diante. Ponto para a Lucasfilm e 20th Century Fox.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.