Foto de Spike Lee

Créditos da imagem: Paras Griffin / Getty Images North America / AFP

Filmes

Notícia

Spike Lee vê documentário e questiona quem mandou matar Marielle Franco

Cineasta participou de sessão de Democracia em Vertigem, de Petra Costa

Camila Sousa
18.11.2019
15h36
Atualizada em
18.11.2019
18h40
Atualizada em 18.11.2019 às 18h40

O cineasta Spike Lee (Malcolm X, Infiltrado na Klan, Faça a Coisa Certa) gravou um vídeo em que questiona quem mandou matar a vereadora carioca Marielle Franco. A fala foi registrada em Nova York após Lee assistir ao documentário nacional Democracia em Vertigem, de Petra Costa.

A cineasta também divulgou um vídeo em que Lee comenta sobre o longa, afirmando que o documentário “dá um outro olhar sobre a escalada do fascismo”. Ele também critica o presidente americano Donald Trump e não o chama pelo nome. Confira:

A vereadora Marielle Franco foi morta em 14 de março de 2018, ao lado de seu motorista, Anderson Gomes. Além da fala de Lee, Franco já foi lembrada por outros nomes da cultura pop, como Roger Waters, Viola Davis e Katy Perry.

O documentário Democracia em Vertigem está disponível na Netflix.