Linda Cardellini em Scooby-Doo! O Filme

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Scooby-Doo | James Gunn diz que Velma seria “explicitamente” lésbica no filme

Warner teria alterado filme antes do lançamento

Nicolaos Garófalo
13.07.2020
20h20
Atualizada em
13.07.2020
20h31
Atualizada em 13.07.2020 às 20h31

Dias após Tony Cervone, diretor de Scooby! e produtor de Scooby-Doo! Mistério S/A, confirmar em um post no Instagram que Velma é lésbica, James Gunn, roteirista das adaptações live-action da franquia, disse que, originalmente, os filmes retratariam a detetive como “explicitamente gay”. Segundo o cineasta, a Warner Bros. teria “diluído” referências à sexualidade da personagem de Linda Cardellini (via BuzzFeed).

Gunn afirmou que o estúdio cortou cenas “ambíguas” do longa de 2002 – confira:

Fã: “Por favor, faça nossos sonhos da Velma [ser lésbica em Scooby-Doo! O Filme] se tornarem realidade”. JG: “Eu tentei. Em 2001, Velma era explicitamente gay no meu roteiro original. O estúdio continuou diluindo cada vez mais, tornando [sua sexualidade] ambígua (versão que filmamos), aí nada (a versão lançada) e depois com um namorado (a sequência)”.

Nova animação da franquia, Scooby! chega às plataformas digitais do Brasil em 23 de julho. O longa é dirigido por Tony Cervone (O Show dos Looney Tunes) e, além de mostrar as origens da Mistério S/A, revelará que Scooby tem um destino maior do que seus amigos poderiam imaginar. Zac Efron faz a voz de Fred, Amanda Seyfried é Daphne, Gina Rodriguez é Velma, Will Forte dubla o Salsicha e Frank Welker faz a voz de Scooby-Doo.