Rust | Alec Baldwin é indiciado por homicídio culposo por morte de diretora

Créditos da imagem: Reprodução

Filmes

Notícia

Rust | Alec Baldwin é indiciado por homicídio culposo por morte de diretora

Halyna Hutchin morreu em outubro de 2021 após disparo acidental

Omelete
2 min de leitura
19.01.2024, às 16H53

Alec Baldwin foi novamente indiciado homicídio culposo por morte de diretora de fotografia Halyna Hutchin no set de Rust. Após as acusações criminais contra o ator terem sido retiradas em abril do ano passado, os promotores do caso Kari Morrissey e Jason Lewis decidiram reabrir o caso.

A decisão aconteceu após a dupla mergulhar em novas investigações para descobrir o que de fato aconteceu no dia do incidente. Em julho do ano passado, eles enviaram a arma que vitimou Hutchin para mais testes forenses. Seus especialistas, Lucien e Michael Haag, reconstruíram a arma – que havia sido quebrada durante os testes do FBI – e concluíram que ela só poderia ter sido disparada puxando o gatilho.

A descoberta anularia o argumento da equipe jurídica de Baldwin, que alega nunca ter puxado o gatilho. Segundo a versão do ator, a arma teve mau funcionamento e disparou sozinha.

"Este incidente fatal foi a consequência do gatilho ter sido retraído manualmente para a sua posição totalmente para trás e engatilhada, seguido, em algum momento, pelo puxão ou depressão para trás do gatilho. Embora Alec Baldwin negue repetidamente ter puxado o gatilho, dados os testes, descobertas e observações aqui relatados, o gatilho teve que ser puxado ou pressionado o suficiente para liberar o martelo totalmente armado ou retraído do revólver", diz o relatório oficial adquirido pelos procuradores.

Hannah Gutierrez-Reedantiga armeira do filme, tem julgamento marcado para 21 de fevereiro. Ela enfrenta acusação de homicídio culposo e adulteração de provas. Gutierrez Reed carregou por engano uma bala real na arma de Baldwin, que deveria conter apenas manequins.

Após a tragédia, Rust retomou as gravações em maio do ano passado. Agora, os produtores buscam acordo para a distribuição do filme.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.