Filmes

Notícia

Roteiristas negam que tenham deixado Toy Story 4 por má conduta de John Lasseter

Chefe criativo da Pixar está afastado da empresa

Camila Sousa
22.11.2017
09h59

John Lasseter anunciou seu afastamento da Pixar por acusações de má conduta - leia mais - e uma das informações dizia que os roteiristas Rashida Jones e Will McCormack teriam se afastado de Toy Story 4 por conta dessas ações.

Agora, falando ao New York Times (via Deadline), a dupla negou que esse tenha sido o motivo. “A velocidade que os jornalistas têm para nomear o próximo transgressor rende algumas informações irresponsáveis. Não deixamos a Pixar por avanços indesejados. Isso não é verdade. Dividimos nossos caminhos por diferenças criativas e, mais importante, filosóficas”.

O comunicado dos roteiristas também cita a falta de oportunidades dentro da empresa: “Há muito talento na Pixar e continuamos fãs de seus filmes. No entanto, também há uma cultura onde mulheres e pessoas de cor não têm uma voz criativa. Encorajamos a Pixar para ser uma líder em reforçar, contratar e promover líderes e contadores de histórias mais diversos".

Durante a D23, Lasseter, que dirigiu os dois primeiros filmes da franquia, explicou que não iria mais co-dirigir o longa e passou o bastão para Josh Cooley – leia mais. A estreia de Toy Story 4 está prevista para 2019.