Roman Polanski no Festival de Deauville, em 2019 (LOIC VENANCE / AFP)

Créditos da imagem: Roman Polanski no Festival de Deauville, em 2019 (LOIC VENANCE / AFP)

Filmes

Notícia

Roman Polanski vai enfrentar julgamento por outro caso de estupro em 2025

O diretor é fugitivo da justiça dos EUA desde os anos 1970

Omelete
2 min de leitura
13.03.2024, às 08H13.

Roman Polanski vai enfrentar outro julgamento por estupro nos EUA. O diretor polonês foi acusado de abusar de uma mulher que não teve ser nome identificado, em 1973, quando ela tinha 16 anos de idade.

Segundo a advogada Gloria Allred, que representa a vítima, o julgamento de Polanski foi marcado para 4 de agosto de 2025, e o diretor já foi informado sobre o procedimento judicial em sua casa na França. A informação é do Deadline.

Polanski dificilmente fará a viagem aos EUA para enfrentar o julgamento pessoalmente, uma vez que é fugitivo da Justiça estadunidense desde 1978, quando deixou o país abruptamente para evitar ser preso pelo estupro de Samantha Geimer, que na época tinha 13 anos de idade.

O diretor de filmes como O Bebê de Rosemary Chinatown desde então chegou a um acordo com Geimer, que envolveu o pagamento de uma indenização de US$ 500 mil. A vítima já falou várias vezes, publicamente, que gostaria de deixar esta questão para trás.

Por outro lado, Polanski foi acusado de abuso e assédio várias outras vezes desde então: a atriz alemã Renate Langer disse à polícia suíça que o diretor a estuprou em 1972, quando ela tinha 15 anos; a artista estadunidense Marianne Barnard alegou que Polanski a assediou em 1975, quando ela tinha 10 anos; a fotógrafa francesa Valentine Monnier acusou Polanski de estuprá-la, também em 1975; e a atriz Charlotte Lewis disse que o diretor a assediou em 1983, quando ela tinha 16 anos.

Polanski nega todas as acusações (exceto a de Geimer), e atualmente enfrenta um processo de difamação na França por caracterizar a denúncia de Lewis como "uma mentira horrorosa" durante uma entrevista.

Mesmo diante dessas acusações, o diretor seguiu trabalhando com o passar das décadas, realizando seus filmes na Europa. Polanski foi o vencedor do Oscar de melhor direção em 2003, por O Pianista.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.