Filmes

Notícia

Ridley e Tony Scott vão produzir adaptação do romance Conspiração de Papel

Alívio cômico de Mad Men será o roteirista de A Conspiracy of Paper

Aline Diniz
18.12.2010
00h00
Atualizada em
03.11.2016
02h14
Atualizada em 03.11.2016 às 02h14

A Warner Bros. comprou os direitos de adaptação ao cinema de A Conspiração de Papel (A Conspiracy of Paper), romance de David Liss. A produtora dos irmãos Ridley e Tony Scott, a Scott Free, vai produzir o projeto.

O livro conta a história de Benjamin Weaver, um judeu ex-boxeador e estranho na Londres do século 18. Seu trabalho é cobrar os devedores de seus clientes aristocratas. Filho de um rico corretor da bolsa de valores, Weaver vive distante de sua família, até que lhe pedem para investigar a morte repentina de seu pai.

conspiração de papel

None

O roteiro do filme será escrito pelo ator e roteirista iniciante Danny Strong. Se você viu a temporada mais recente de Mad Men, talvez lembre dele como o alívio cômico Danny Siegel, contratado pela agência no já clássico episódio da "cura para o café da manhã comum".

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.