Filmes

Notícia

A incrível ascensão de Jackie Chan até Hollywood

Conheça a trajetória de um dos maiores artistas da atualidade

A cozinha
23.11.2020
15h15
Atualizada em
23.11.2020
16h09
Atualizada em 23.11.2020 às 16h09

É praticamente impossível que alguém nunca tenha visto pelo menos um filme de Jackie Chan. O astro de clássicos de ação chineses e sucessos de Hollywood tem um filmografia gigantesca e percorreu um longo caminho para se tornar uma estrela, tanto no oriente, quanto no ocidente.

Chan nasceu em 1954, com o nome de Chan Kong-sang, que significa nascido em Hong Kong. Ele teve uma infância humilde, pois seus pais eram refugiados da Guerra Civil chinesa e trabalhavam em tarefas domésticas para um embaixador francês. Chan era uma criança hiperativa e seu apelido de infância era “Pao-Pao”, que significa bola de canhão. Para dar um bom uso pra toda essa energia, seu pai o matriculou numa escola de Ópera de Pequim. Diferente da ópera tradicional, a de Pequim mistura atuação e canto com acrobacias - e isso teve grande influência na vida do garoto.

Aos 8 anos, o garoto passou a fazer parte dos Seven Little Fortunes, um grupo de crianças que fazia pequenos papéis em filmes chineses. Foi lá que ele conheceu Sammo Kam-Bo Hung e Biao Yuen, que no futuro se tornaram grandes parceiros do ator em seus filmes.

Em um de seus primeiros trabalhos, o diretor queria que algum dublê  saltasse de uma sacada alta, sem o uso de cabo de segurança. O coordenador dos dublês se recusou a deixar um de seus subordinados fazer algo tão perigoso, mas foi contrariado por Chan. Foi a partir daí que o ator começou a construir sua imagem de não ter medo de nenhuma acrobacia.

Chan foi um dos dublês em Operação Dragão, com Bruce Lee, e chamou a atenção do astro. Um ano depois, Lee morreu e Chan decidiu dar continuidade ao seu legado. Em 1973, mesmo ano da morte de Bruce, Jackie Chan estrelou As Garras do Dragão, seu primeiro papel como protagonista. Mas O filme não se saiu bem nas bilheterias e nenhuma outra boa oportunidade parecia prestes a surgir. 

Apesar do desejo de homengear Lee, Jackie percebeu que precisava encontrar uma identidade própria. Para tornar seus filmes mais divertidos, buscou referências em nomes como Buster Keaton e Charles Chaplin. O resultado foram os primeiros sucessos da carreira de Chan: Punhos de Serpente e O Mestre Invencível. Porém, foi nos anos 80 que ele realmente estourou, misturando artes marciais e humor em longas como Police Story - A Guerra das Drogas, Projeto China e Chefão por Acaso. Confira acima o Retrato Omelete completo sobre o astro.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.