Ingrid Guimarães e Tatá Werneck em Minha Irmã e Eu

Créditos da imagem: Minha Irmã e Eu/Globo Filmes/Reprodução

Filmes

Notícia

Lula sanciona a cota de exibição de filmes brasileiros até 2033

Ancine será responsável pela fiscalização das salas do país

Omelete
1 min de leitura
16.01.2024, às 21H56
ATUALIZADA EM 17.01.2024, ÀS 09H48
ATUALIZADA EM 17.01.2024, ÀS 09H48

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 14.814, também conhecida como a Cota de Tela, que estabelece a obrigação da exibição de filmes brasileiros nas salas de cinema até 2033. A nova norma foi oficializada no Diário Oficial da União na tarde desta terça-feira (16). As informações são da Agência Senado.

Sancionada sem vetos, o texto foi originalmente aprovado pelo Senado em dezembro de 2023

Para estar em conformidade com a norma, que será fiscalizada pela Ancine (Agência Nacional do Cinema), agora é necessário que a exibição em salas nacionais seja feita e mantida proporcionalmente ao longo do ano.

Além disso, a norma exige a consideração de aspectos como a diversidade dos títulos, além de assegurar um número mínimo de sessões. Em caso de descumprimento, as empresas estarão sujeitas a multas e demais punições. 

O mais recente modelo de cota em vigor no país foi estabelecido por uma medida provisória em 2001, que previa a regulamentação anual do mecanismo por meio de decreto presidencial. Este último decreto, no entanto, expirou em 5 de setembro de 2021, e desde então, nenhuma substituição foi implementada.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.