Por que Doutor Estranho precisou morrer 14 milhões de vezes para derrotar Thanos

Créditos da imagem: Vingadores: Guerra Infinita/ Marvel Studios/ Divulgação

Filmes

Notícia

Por que Doutor Estranho precisou morrer 14 milhões de vezes para derrotar Thanos

Irmãos Russo dizem que Mago Supremo passou muito tempo em busca de uma solução

Natália Bridi
20.08.2019
09h50
Atualizada em
20.08.2019
10h09
Atualizada em 20.08.2019 às 10h09

Ver as 14 milhões de possibilidades surgidas do confronto entre Thanos e os Vingadores não foi fácil. O feito, que afetou Doutor Estranho psicologicamente, consumiu muito mais tempo do que o mostrado na cena de Vingadores: Guerra Infinita

Segundo os irmãos Russo, o Mago Supremo teria usada a mesma estratégia com que derrotou Dormammu na Dimensão Sombria. “Estranho precisa empregar essa quantidade imensa de energia para entrar nesse estado, e como sabemos da sua história no seu próprio filme, ele pode ficar nesse estado por sabe-se lá quanto tempo”, conta Anthony, “ele pode ter passado uma quantidade imensa de tempo para analisar todas essas possibilidades”.

Ele precisa analisar fisicamente todas essas possibilidades”, completa Joe, “morrer e um pouco antes de morrer, reiniciar, como vimos no final de Doutor Estranho, e fazer novamente, aprendendo a cada vez”.

Como explicou  C. Robert Cargill, roteirista de Doutor Estranho, Stephen Strange permaneceu na Dimensão Negra com Dormammu tempo suficiente para “desenvolver ainda mais o domínio sobre os seus poderes”. Por essa lógica, o Doutor Estranho que emerge da sua “meditação” em busca de uma solução contra Thanos é ainda mais poderoso e sábio - o que explica por que ele decide abrir mão da Joia do Tempo que antes jurava proteger com a própria vida (questão que é retomada pela Anciã em Ultimato).  

A próxima aparição do Mago Supremo no MCU já foi confirmada pela Marvel. Doctor Strange in the Multiverse of Madness tem estreia marcada para maio de 2021 e promete ser o primeiro filme de terror da Marvel. Além dos retornos do diretor Scott Derrickson e de Benedict Cumberbatch como Stephen Strange e Benedict Wong como Wong, o longa contará com Elizabeth Olsen como Feiticeira Escarlate e terá conexão com a série do Disney+ Wandavision.