Filmes

Notícia

Peter Jackson confirma que Harvey Weinstein barrou participação de duas atrizes em O Senhor dos Anéis

Ashley Judd e Mira Sorvino denunciaram publicamente os assédios do produtor

Mariana Canhisares
15.12.2017
15h47
Atualizada em
15.12.2017
16h02
Atualizada em 15.12.2017 às 16h02

Peter Jackson confirmou ao Stuff que foi impedido por Harvey Weinstein de incluir Ashley Judd e Mira Sorvino em O Senhor dos Anéis. Recentemente, as atrizes revelaram que foram assediadas pelo produtor.

"Lembro da Miramax nos falando que era muito difícil trabalhar com elas e que deveríamos evitá-las a todo custo. Isso aconteceu provavelmente em 1998", disse sobre ocasião em que expressou interesse em escalá-las para o filme. "Agora suspeito que nos deram informações falsas sobre essas duas mulheres talentosas - e como resultado imediato tiramos seus nomes da nossa lista de elenco".

Jackson relatou que, na épica, não tinha conhecimento das acusações de assédio e, portanto, não tinha motivos para desconfiar das sugestões da Miramax.

Judd e Sorvino reagiram às declarações de Jackson no Twitter. Confira:

"Lembro muito bem disso".

"Só de ver isso depois de acordar, eu cai no choro. Aí está a confirmação de que Harvey Weinstein tirou minha carreira dos eixos, algo que eu suspeitava mas não tinha certeza. Obrigada, Peter Jackson, por ser honesto. Estou abalada".

No final, a New Line assumiu a produção de O Senhor dos Anéis. "Minha experiência, quando a Miramax controlava O Senhor dos Anéis, era de Weinstein e o irmão dele se comportando como dois bullies mafiosos de segunda classe. Eles não eram o tipo de caras com quem queria trabalhar - então, nunca trabalhei", contou Jackson.

Assédio em Hollywood

O tema do assédio sexual em Hollywood voltou à tona após várias acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Ele foi demitido de sua empresa, a The Weinsten Company e expulso da Academia do Oscar, que pretende ter um novo código de conduta após o caso - saiba mais. O Sindicato dos Produtores também baniu para sempre Harvey Weinstein da organização - saiba mais.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.