Filmes

Lista

Oscar | Relembre 10 momentos históricos do prêmio

Rocky, Heath Ledger e mais

Fábio de Souza Gomes
21.01.2019
19h48

Oscar conta com alguns momentos que entraram para história. Sejam discursos importantes ou até mesmo momentos criados para viralizar é normal que a cerimônia tenha algo marcante ao longo de sua noite. 

Confira agora 10 momentos marcantes do Oscar 

Heath Ledger vence o Oscar Póstumo

Um dos momentos mais emocionantes da premiação aconteceu em 2009. Cinco vencedores da categoria de Melhor Ator Coadjuvante - Christopher Walken, Alan Arkin, Kevin Kline, Cuba Gooding, Jr. e Joel Grey - subiram juntos ao palco e anunciaram que Heath Ledger conquistou o prêmio. Para receber o prêmio, subiram ao palco seu pai, sua mãe e sua irmã que foram aplaudidos de pé por um auditório emocionado.

Hattie McDaniel é a primeira Negra a vencer o Oscar

Em 1940, Hattie McDaniel venceu a premiação por seu papel como Mammy, uma escrava em E O Vento Levou.... Por conta da segregação na época, ela foi obrigada a sentar nos fundos e, ao vencer o prêmio, falou emocionada: “espero sempre ser reconhecida pela minha raça e pela indústria do cinema”. Demorou 24 anos para Sidney Poatier se tornar o primeiro negro a vencer o prêmio e 51 anos para uma outra mulher negra conquistar a estatueta, com Whoopi Goldberg por Ghost.   

Jennifer Lawrence cai no palco

Jennifer Lawrence venceu em 2013 o Oscar de Melhor Atriz por conta de O Lado Bom da Vida e, ao subir as escadas para receber sua estatueta, a atriz tropeçou e caiu na frente do auditório. Durante o seu discurso ela brincou com o fato e virou um dos momentos mais comentados da premiação.

Ellen tira uma selfie

Em 2014, a apresentadora Ellen DeGeneres juntou Brad Pitt, Meryl Streep, Kevin Spacey, Jennifer Lawrence, Bradley Cooper, Jared Leto, Lupina N’Yongo e Angelina Jolie para uma selfie que foi vista no twitter por 37 milhões de pessoas – o que fez o site quebrar.

Marlon Brando recusa o Oscar

Um dos maiores clássicos da história, O Poderoso Chefão recebeu 11 indicações e levou três estatuetas para casa: Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Filme e Melhor Ator para Marlon Brando. O ator recusou o prêmio e mandou uma ativista dos direitos dos índios americanos chamada Sachee Littlefeather em seu lugar. Ela explicou que o ator declinou a premiação por conta da forma que os índios eram retratados no cinema e na televisão.  

Confusão com Lala Land e Moonlight

Uma das maiores confusões da história da premiação. Warren Beatty recebeu o envelope errado, onde estava escrito a vencedora de Melhor Atriz, Emma Stone, por Lala Land. Sem querer, sua parceira de palco, Faye Dunaway, anunciou o vencedor do prêmio como Lala Land. Os produtores e o elenco subiram no palco apenas para perceber a confusão e chamar o verdadeiro vencedor, Moonlight.

“You Like me”

Sally Field fez um dos discursos mais famosos da história da Academia. Ao vencer o prêmio de Melhor Atriz por Um Lugar no Coração, a atriz não se conteve e gritou “You like me, you really like me (Vocês gostam de mim, vocês realmente gostam de mim)”. O discurso já foi parodiado por comediantes, filmes e séries e sempre é uma referência para quem vence um prêmio.

Rocky vs Muhammad Ali

O filme escrito e estrelado por Sylvester Stallone o transformou em uma estrela da noite para o dia e venceu o prêmio de Melhor Filme na premiação de 1977. Contudo, o momento que entrou para história foi quando o ex-boxeador Muhammad Ali, considerado um dos maiores de todos os tempos, subiu ao palco e reclamou com ator que “ele é o verdadeiro Apollo Creed”. Os dois entraram na brincadeira e boxearam no palco.

Peladão invade o palco

O ator David Niven estava prestes a apresentar Elizabeth Taylor, que era a responsável por anunciar o vencedor de Melhor Filme do Oscar de 1974. Porém, pouco antes, um homem pelado apareceu e invadiu o palco para pouco depois ser retirado. 

Chris Rock falando do Oscar so White

Em 2016 o Oscar anunciou que todos os indicados nas principais categorias eram brancos. O resultado foi o nascimento de um movimento chamado Oscar So White (Oscar tão branco, em tradução livre) e o apresentador Chris Rock não perdoou a premiação. “Se eles indicassem o apresentador também, eu não teria esse emprego. Vocês todos estariam assistindo o Neil Patrick Harris agora”, afirmou.