Filmes

Artigo

Oscar 2018 | Conheça os indicados na categoria de Melhor Animação

Saiba mais sobre as produções indicadas

Camila Sousa
21.02.2018
16h48
Atualizada em
02.03.2018
06h01
Atualizada em 02.03.2018 às 06h01

Oscar 2018 está chegando e preparamos um especial explicando as categorias e apresentando os indicados. Confira abaixo detalhes sobre o prêmio de Melhor Animação:

Divulgação

MELHOR ANIMAÇÃO

A categoria de Melhor Animação é a mais recente criada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O prêmio, que elege a melhor animação com mais de 40 minutos, começou a ser entregue em 2002, para os longas feitos em 2011. O primeiro vencedor do Oscar de Melhor Animação foi Shrek, que competiu com Jimmy Neutron: O Menino Gênio e Monstros S.A. Porém, mesmo com a criação do prêmio específico, as animações sempre puderam e ainda podem concorrer em outras categorias. É o caso de A Bela e a Fera (1991), Up - Altas Aventuras (2009) e Toy Story 3 (2010), indicados também como Melhor Filme. Em 2009, Valsa com Bashir se tornou a primeira animação indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

 

Com Amor, Van Gogh

Com foco para o público adulto, Com Amor, Van Gogh é o primeiro longa animado feito totalmente com pinturas. Dirigida por Dorota Kobiela e Hugh Welchman, a coprodução entre EUA, Polônia e Reino Unido faz uma investigação profunda sobre a vida e a misteriosa morte de Vincent Van Gogh através das suas pinturas e dos personagens que habitam suas telas. A história acompanha Armand, filho do carteiro de Van Gogh que precisa entregar a última carta que o artista escreveu antes de sua morte. Em entrevista ao Daily Cal, a diretora Dorota Kobiela revela como teve a ideia de contar a história dessa forma: “Tudo foi literalmente retirado de uma de suas cartas, em que ele escreveu ‘só podemos falar pelas nossas pinturas’, então senti que era isso”. O filme foi feito primeiro com os atores em cena e depois divido em quadros individuais, que foram entregues à vários artistas específicos treinados para pintar como Van Gogh.

O Poderoso Chefinho

Considerado por muitos um azarão na disputa ao Oscar 2018, O Poderoso Chefinho é o novo filme da Dreamworks dirigido por Tom McGrath (Madagascar, Megamente). O longa mostra a história de Tim, um garoto de sete anos que tem sua vida totalmente alterada com a chegada de um irmão mais novo, que usa terno e carrega uma mala (!). Aos poucos ele descobre que o bebê sabe falar e tem um plano para sua família. Com Alec Baldwin, Steve Buscemi, Jimmy Kimmel e Lisa Kudrow no elenco original de voz, o filme arrecadou US$ 498 milhões na bilheteria mundial e foi considerado um sucesso pelo estúdio, apesar das críticas fracas. O resultado financeiro também garantiu uma sequência, que deve chegar aos cinemas em 2021.

O Touro Ferdinando

O Brasil também está na disputa das animações em 2018 com O Touro Ferdinando, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha. O personagem é inspirado no livro Ferdinando, o Touro, escrito por Munro Leaf, e já ganhou outra adaptação aos cinemas: em 1939, na 11ª edição do Oscar, o curta animado Ferdinand the Bull levou o prêmio da Academia. Em entrevista ao Omelete, Saldanha fala sobre como colocou elementos originais na adaptação. Confira:

The Breadwinner

A história de The Breadwinner é inspirada no livro A Outra Face, escrito por Deborah Ellis. Nele, Parvana é uma jovem de 11 anos que vive no Afeganistão em 2001, época em que o país é comandado pelo Talibã. Quando seu pai é preso, ela tenta ajudar no sustento da família, mas percebe que a realidade do país é perigosa para jovens meninas. Ela decide então se vestir como um garoto e procurar pelo pai. A direção é de Nora Twomey, que codirigiu Uma Viagem ao Mundo das Fábulas, também indicado ao Oscar em 2010, e Angelina Jolie é uma das produtoras. “Nosso trabalho como adultos não é proteger crianças de coisas que as assustam e sim ajudá-las a lidar com isso (...). Se crianças são expostas aos problemas explorados em The Breadwinner, com o suporte de suas famílias elas crescerão como adultos fortes, com a capacidade de realmente fazer mudanças no mundo. Para mim, essa é a maior expressão de esperança”, afirmou Twomey ao Cartoon Brew.

Viva - A Vida é uma Festa

O novo filme da Disney/Pixar chega como um dos favoritos ao prêmio. Com foco na cultura mexicana, o longa conta a história de Miguel, um garoto com talento para a música, mas que é proibido de tocar por sua família. Ele acaba por acidente na Terra dos Mortos e começa a procurar por seu ancestral, que foi um grande músico, e pode ajudá-lo a descobrir a verdade sobre suas origens. Lee Unkrich (Toy Story 3) teve a ideia original da história e é o diretor ao lado do estreante Adrian Molina. O longa arrecadou US$ 732 milhões mundialmente e foi um grande sucesso no México: lançado perto do feriado do Dia dos Mortos, a animação se tornou a maior bilheteria de todos os tempos na história do país, com US$ 57 milhões arrecadados (cerca de 1 bilhão de pesos mexicanos).

Oscar 2018 acontece em 4 de março, com apresentação de Jimmy Kimmel. Confira a cobertura completa do Omelete no site e nas redes sociais.