Filmes

Artigo

Oscar 2002

Oscar 2002

Érico Borgo
25.03.2002
00h00
Atualizada em
21.09.2014
13h12
Atualizada em 21.09.2014 às 13h12

Foi um Oscar especial. Comprido, mas especial.

O Senhor dos Anéis - A sociedade do Anel - filme antes considerado pelos cineastas como impossível de ser realizado - levou quatro estatuetas. Entretanto, a maioria delas de prêmios técnicos - confirmando a tradição de que filmes de fantasia geralmente não são reconhecidos pela Academia. Os prêmios principais - filme e diretor - ficaram com Uma mente brilhante, que ganhou também os Oscar de melhor atriz coadjuvante e roteiro adaptado.

Entretanto, apesar de vencedores em número de estatuetas, nenhum dos dois pode ser considerado o grande vencedor da noite. O título foi dividido entre Halle Berry, Sidney Poitier e Denzel Washington.

Halle Berry (A última ceia - Monsters Ball), foi a primeira mulher negra a receber um Oscar de melhor atriz. Aos prantos, fez o discurso mais emocionado (e longo) da premiação.

Deus é bom - assim recebeu o Oscar de melhor ator Denzel Washington, referindo-se ao momento histórico que Hollywood viveu ontem, quando três negros foram homenageados com o prêmio máximo de Hollywood. Agradeço do fundo do meu coração, concluiu Denzel, que ofereceu o prêmio a Sidney Poitier - o primeiro ator representante da raça a ser agraciado com um Oscar, e que ontem também recebeu um prêmio pelo conjunto de sua obra.

Whoopi Goldberg foi a apresentadora do show, repetindo a função que já havia desempenhado três vezes no passado. Seus melhores momentos foram as aparições para apresentar os concorrentes a melhor filme - sempre à caráter. Sua entrada logo no início da festa como Satine, de Moulin Rouge foi fantástica. Mas o grande destaque da noite foi o novíssimo Teatro Kodak. Construído para abrigar a premiação a partir deste ano, a imponente estrutura mostrou durante toda a cerimônia sua beleza, recursos e versatilidade.

John Williams, maestro e compositor de grandes obras como E.T., Star Wars, Indiana Jones, Tubarão e dezenas de outros, conduziu uma homenagem às grandes trilhas sonoras da história (incluindo diversas das suas próprias obras). Com uma orquestra no palco, sincronizada com a apresentação dos filmes na tela ao fundo, o maestro emocionou a audiência com clássicos como O Poderoso Chefão, Doutor Jivago, Sete homens e um destino e muitos outros.

Já que estamos falando de música, as canções originais foram todas apresentadas ao vivo no mesmo bloco. Cada uma das performances ocupou um pedaço do palco, que foi dividido em três partes, intercalando Sting (Kate & Leopold), Enya (O Senhor dos Anéis), John Goodman (Monstros S.A.), Faith Hill (Pearl Harbor) e sir Paul McCartney (Vanilla Sky).

Na aguardada disputa por melhor longa-metragem de animação, o ogro Shrek venceu Monstros S.A. (que teve que se contentar com o Oscar de melhor canção original) e Jimmy Neutron, tornando-se o primeiro premiado da recém-criada categoria. Como consolo para a Pixar, responsável por Monstros, o curta-metragem For the birds levou a estatueta em sua categoria.

Outro momento memorável ficou por conta do Cirque de Soleil, que fez uma fantástica apresentação. O grupo realizou uma performance em homenagem aos efeitos visuais, imitando ao vivo momentos de grandes filmes. Logo depois, Woody Allen subiu pela primeira vez ao palco do Oscar. O aclamado cineasta apresentou uma montagem homenageando Nova York.

E, como sempre, também tivemos algumas injustiças na premiação. As mais evidentes ficaram por conta de melhor roteiro original - concedido a Assassinato em Gosford Park em detrimento de Amnésia, muito superior. Mas a pior mesmo foi o roteiro adaptado, que acabou nas mãos do feito pra ganhar Uma mente brilhante, deixando O Senhor dos Anéis a ver navios.

Na transmissão do SBT, a apresentadora Marília Gabriela foi a sábia opção da emissora para substituir Babi, que só deu bolas fora no ano passado. A tradução simultânea continuou boa e Rubens Ewald Filho, bem, foi o Rubens Ewald Filho de sempre. Ah, e Harry Potter não conseguiu enfeitiçar os membros da Academia e saiu do Teatro Kodak voando na sua Nimbus 2000 sem um premiozinho sequer.

Então vamos aos vencedores: (em negrito)


Melhor ator:
Denzel Washington

Melhor atriz:
Halle Berry

Melhor Filme
Uma mente brilhante (A Beautiful Mind)
Moulin Rouge

Assassinato em Gosford Park (Gosford Park)
Entre quatro paredes (In the bedroom)
O Senhor dos Anéis - A sociedade do Anel

Melhor Ator
Denzel Washington (Dia de Treinamento)
Russell Crowe
(Uma Mente Brilhante)
Tom Wilkinson (Entre quatro paredes)
Sean Penn (Uma lição de amor)
Will Smith (Ali)

Melhor Ator Coadjuvante
Jim Broadbent (Iris)

Ethan Hawke
(Dia de Treinamento)
Ian McKellen (O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel)
Ben Kingsley (Sexy Beast)
Jon Voight (Ali)

Melhor Atriz
Halle Berry (A última ceia - Monsters Ball)

Nicole Kidman
(Moulin Rouge)
Sissy Spacek (Entre quatro paredes)
Renée Zellweger (O Diário de Bridget Jones)
Judi Dench (Iris)

Melhor Atriz Coadjuvante
Jennifer Connelly (Uma Mente Brilhante)
Helen Mirren (Gosford Park)
Maggie Smith (Gosford Park)
Marisa Tomei (Entre quatro paredes)
Kate Winslet (Iris)

Melhor Filme Estrangeiro
Terra de Ninguém (No Mans Land) - Bosnia-Herzegovina
O fabuloso destino de Amélie Poulain
- França
Elling (idem) - Noruega
Lagaan (Lagaan: Once Upon a Time in India) - India
El Hijo de la novia - Argentina

Melhor Diretor
Ron Howard Uma Mente Brilhante
Ridley Scott - Falcão Negro em Perigo (Black Hawk Down)
Robert Altman - Assassinato em Gosford Park
Peter Jackson - O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
David Lynch - Mulholland Drive

Melhor Maquiagem
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Uma Mente Brilhante

Moulin Rouge

Melhor Trilha Sonora
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
A.I. - Inteligencia Artificial
(A.I. Artificial Inteligence)
Uma Mente Brilhante
Harry Potter e a Pedra Filosofal (Harry Potter and the Sorcerers Stone)
Monstros S.A. (Monters, Inc.)

Melhor Canção
Monstros S.A.
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel

Pearl Harbor
Vanilla Sky
Kate & Leopold

Melhor Som
Falcao Negro em Perigo
Amélie

O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Moulin Rouge
Pearl Harbor

Melhor Edição de Som
Pearl Harbor
Monstros S.A.

Melhores Efeitos Visuais
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
A.I. - Inteligencia Artificial

Pearl Harbor

Melhor Roteiro Adaptado
Uma Mente Brilhante
Mundo Cão (Ghost World)
Entre quatro paredes
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Shrek

Melhor Roteiro Original
Assassinato em Gosford Park
Amélie

Amnésia (Memento)
Os Excêntricos Tenenbaums (The Royal Tenenbaums)
A última ceia

Melhor Animação
Shrek
Jimmy Neutron: Menino Gênio
(Jimmy Neutron: Boy Genius)
Monstros S.A.

Melhor Direção de Arte
Moulin Rouge
Amélie

Assassinato em Gosford Park
Harry Potter E a Pedra Filosofal
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel

Melhor Fotografia
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Amélie

Falcão Negro em Perigo
O Homem que não estava lá (The Man Who Wasnt There)
Moulin Rouge

Melhor Figurino
Moulin Rouge
Gosford Park
Harry Potter e a Pedra Filosofal
O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
The Affair Of The Necklace

Melhor Montagem
Falcão Negro em Perigo
Uma Mente Brilhante

O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel
Amnésia
Moulin Rouge

Melhor Documentário
Murder On A Sunday Morning
Children Underground
Lalees Kin: The Legacy Of Cotton
Promises
War Photographer

Melhor Documentário Curta-Metragem
Thoth
Artists And Orphans: A True Drama
Sing!

Melhor Curta-Metragem de Animação
For The Birds
Fifty Percent Grey
Give Up Yer Aul Sins
Strange Invaders
Stubble Trouble

Melhor Curta-Metragem
The Accountant
Copy Shop
Gregors Greatest Invention
A Man Thing (Meska Sprawa)
Speed For Thespian

OSCAR 2011 | Filmes indicados e ganhadores