O Predador | Cena com ator condenado por crime sexual foi cortada

Créditos da imagem: Kimberly French/Twentieth Century Fox FIlm Corp

Filmes

Notícia

O Predador | Cena com ator condenado por crime sexual foi cortada

Diretor Shane Black explica contratação de seu amigo, Steven Wilder, mesmo com registro criminal

Julia Sabbaga
06.09.2018
13h06
Atualizada em
13.09.2018
14h02
Atualizada em 13.09.2018 às 14h02

Dias antes de O Predador ser lançado, a Twentieth Century Fox deletou uma sequência que trazia Steven Wilder, ator que tem registro como criminoso sexual, do corte final do filme. A informação é do Los Angeles Times

Ao estúdio, a informação chegou através da atriz Olivia Munn, que ficou sabendo do histórico de Wilder. Apesar de não ter um grande papel no longa, Striegel interpretava um personagem paquerava Munn, por uma cena que durava três páginas do roteiro. 

O estúdio já se pronunciou sobre o ocorrido, dizendo não ter ciência do histórico de Striegel: "Não estávamos cientes de seu passado durante o processo de escalação, por causa de um limite legal imposto que previne que estúdios conduzam investigação de antecedentes dos atores".  

O diretor Shane Black, no entanto, sabia da acusação do ator, que é seu amigo: "Eu pessoalmente escolhi ajudar um amigo. Eu entendo que outros podem desaprovar, já que ele foi condenado por um caso sério que não deve ser desconsiderado". 

Olivia Munn também se pronunciou sobre o caso: "Acho surpreendente e perturbados que Shane Black, nosso diretor, não tenha compartilhado esta informação com o elenco, a equipe, ou com o estúdio antes, durante ou depois da produção. No entanto, fico aliviada que quando a Fox recebeu esta informação, que ela tenha tomado a ação apropriada de deletar a cena com Wilder e lançar o filme". 

Wilder foi condenado por dois crimes - risco de ferir uma criança e atrair um menor pelo computador - e passou seis meses na cadeia.