Nicolas Cage diz que pagou dívidas com filmes direto para vídeo

Créditos da imagem: Nicolas Cage em cena de O Apocalipse, de 2014 (Reprodução)

Filmes

Notícia

Nicolas Cage diz que pagou dívidas com filmes direto para vídeo

Ator também reiterou, no entanto, que defende suas performances em todos eles

Omelete
2 min de leitura
Caio Coletti
22.03.2022, às 15H54
ATUALIZADA EM 09.04.2022, ÀS 16H59
ATUALIZADA EM 09.04.2022, ÀS 16H59

Nicolas Cage admitiu, em nova entrevista à GQ, que a fase de sua carreira caracterizada por filmes de ação e suspense lançados diretamente no mercado de home video foi impulsionada pela necessidade de pagar dívidas na casa dos milhões de dólares.

"Eu tinha muitos cobradores me infernizando, além do Imposto de Renda, e estava gastando US$ 20 mil por mês para cuidar da minha mãe e impedir que ela fosse mandada para um sanatório. Foi um momento difícil, tudo aconteceu ao mesmo tempo", comentou.

Apesar de admitir que muitos dos filmes dessa era são de qualidade duvidosa, Cage reiterou que defende suas performances em todos eles. "Mesmo quando estava fazendo quatro filmes por ano, um atrás do outro, sempre tentava achar algo neles que me impulsionasse a dar meu melhor", disse.

"É claro que nem todos funcionaram. Alguns são ótimos, como Mandy, e outros nem tanto. Mas eu nunca dei uma performance 'no piloto automático'. Se houve algo incompreendido nessa fase, foi isso. As pessoas achavam que eu fazia esses filmes e não me importava. Eu me importava", completou.

De acordo com o próprio Cage, as suas dívidas foram zeradas um ano e meio atrás. Mesmo assim, pelo menos por enquanto, ele pretende fazer mais filmes independentes do que grandes blockbusters.

"Eu me divirto mais fazendo filmes como Pig e Despedida em Las Vegas do que me divirto fazendo A Lenda do Tesouro Perdido", comentou.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no Youtube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.