Emile Hirsch em Na Natureza Selvagem

Créditos da imagem: Na Natureza Selvagem/Divulgação

Filmes

Notícia

Ônibus de Na Natureza Selvagem é removido das florestas do Alasca

Estado quer impedir que mais gente morra ou se machuque tentando chegar ao cenário retratado no livro e filme

Arthur Eloi
19.06.2020
17h30

O ônibus abandonado que é parte importante do livro e filme Na Natureza Selvagem (2007) teve de ser retirado das florestas do Alasca, nos Estados Unidos. O motivo foi para garantir a segurança dos turistas já que, inspirados pelas obras, muitos tentavam chegar até o local [via ABC News].

Originalmente publicado em 1996, o livro Na Natureza Selvagem, de Jon Krakauer, conta a história real de Christopher McCandless, homem de vida feita que abriu mão todo o seu dinheiro e bens materiais para viver no meio do mato. Em 2007, o diretor e roteirista Sean Penn adaptou a obra para um filme de mesmo nome, com Emile Hirsch (Speed Racer) no papel de McCandless. O longa foi indicado a duas categorias no Oscar 2008.

Por conta do sucesso das obras, muitos turistas tentavam reproduzir a jornada de McCandless, que relatou em seu diário (base para o livro e filme) ter vivido por mais de 110 dias no ônibus em questão. O problema é que o terreno é bastante traiçoeiro, imprevisível e sem sinal de celular, tendo resultado em inúmeras mortes e ferimentos ao longo dos anos. Só esse ano, por exemplo, cinco turistas italianos precisaram ser resgatados ao tentar fazer a trilha de McCandless, e uma turista da Bielorússia morreu no mesmo percurso. Para evitar que isso continuasse, o governo do Alasca decidiu dar um fim à isso, tirando o ônibus do meio da floresta.

Encorajamos as pessoas a aproveitarem a natureza selvagem do Alasca com segurança, e entendemos o valor que esse ônibus têm na consciência popular. De qualquer forma, é um veículo abandonado e em deterioração que precisa de reparos custosos e perigosos. Mais importante, estava custando a vida de alguns turistas”, esclareceu a Guarda Nacional do estado em comunicado.