Mulan | Dubladora original fala sobre movimento de boicote ao live-action

Créditos da imagem: Ming Na-Wen/Frazer Harrison/Getty Images North America/AFP

Filmes

Notícia

Mulan | Dubladora original fala sobre movimento de boicote ao live-action

Ming-Na Wen foi a voz da personagem de 98

Julia Sabbaga
23.08.2019
16h17

Ming-Na Wen, dubladora de Mulan na animação de 98, foi questionada durante a D23 sobre as recentes polêmicas em torno do live-action, que resultaram em um movimento por boicote do novo filme. Tudo começou quando a atriz Liu Yifei, que interpreta a personagem no remake, se pronunciou a favor da polícia chinesa nos protestos contra a soberania do Estado chinês sobre Hong Kong. 

"Estamos vivendo em um mundo cheio de mudanças, confusão e muito stress", a atriz disse à Variety. "E para mim, eu espero que nós possamos chegar à uma resolução, paz, e espero que pessoas encontrem um jeito. Eu acho que, no fim das contas, a verdade e a bondade das pessoas ganhará, como a história prova diversas vezes. Então veremos". 

O pronunciamento da atriz do remake gerou controvérsias online, que podem ser agravadas caso um protesto, marcado para amanhã, dia 24, aconteça no parque da Disney de Hong Kong. A organização ainda não determinou se a manifestação acontecerá no local, já que a área dificultará a movimentação de pessoas e pode facilitar prisões em massa. Se o protesto de fato acontecer no parque, a Disney deve se pronunciar sobre a questão política pela primeira vez. 

Iniciados em julho, os protestos em Hong Kong lutavam contra um projeto de lei que permitia a extradição de pessoas acusadas de crimes contra a China Continental. Manifestantes afirmavam que os extraditados poderiam ser julgados injustamente e tratados de maneira violenta pelo governo.

Apesar da suspensão do projeto em julho, os protestos seguiram, eventualmente evoluindo para um movimento pró-democracia e pedido de renúncia da Governadora de Hong Kong, Carrie Lam.

A estreia de Mulan está marcada para 26 de março de 2020.