Mulan | Doua Moua engordou 20kg para viver Po: "treinar foi difícil"

Créditos da imagem: Omelete/Reprodução // Mulan/Walt Disney/Reprodução

Filmes

Artigo

Mulan | Doua Moua engordou 20kg para viver Po: "treinar foi difícil"

Ator discute como remake manterá a essência da animação e ainda agradará o público chinês

Mariana Canhisares
06.08.2019
23h45
Atualizada em
06.08.2019
23h45
Atualizada em 06.08.2019 às 23h45

O adorável Po, um dos fiéis e divertidos aliados de Mulan na missão para salvar a China, voltará aos cinemas no live-action em 2020, agora nas mãos de Doua Moua. Fã da animação de 1998, o ator contou ao Omelete, no tapete vermelho da estreia mundial de O Rei Leão, que quis preservar a personalidade do guerreiro do filme original, mas também trazer um pouco do seu próprio toque ao personagem: "ele nasce dessa mistura".

Para ficar com o visual mais próximo do Po original, Moua engordou cerca de 20 kg. Embora admita que o ganho de peso e o próprio treinamento tenham sido complicados, ele ficou satisfeito com o resultado. “Lutar foi difícil, mas acho que vocês vão curtir”.

Porém, o live-action tem uma missão ainda mais complicada do que as cenas de ação. A produção precisa agradar tanto a nostalgia das crianças dos anos 1990, quanto acertar as contas com o povo chinês, que não ficou satisfeito com os numerosos elementos ocidentais do primeiro filme. Deste modo, o remake propõe uma nova perspectiva para a secular A Balada de Mulan, canção chinesa que inspirou a animação da Disney, e traz um elenco repleto de atores chineses.

Por isso, Doua Moua se sente confiante. “Temos a adorável Yifei Liu, além de Gong Li, Jet Li e Donnie Yen. Eles nos acolheram e foi uma experiência tão incrível. Acredito que o povo chinês vai amar”.

Ainda assim, mais do que as músicas, ele acredita que o público da animação verá na tela a essência do filme de que tanto gostam. "Mulan é sobre sacrifício, honra e lutar pelo o que você acredita. Por isso é tão bonito e por que me sinto privilegiado de fazer parte”.

Niki Caro (Terra FriaO Zoológico de Varsóvia) assina a direção de Mulan, que traz a chinesa Liu Yifei, uma das atrizes mais populares desta geração no país, como a protagonista, além de Donnie Yen como o mentor Tung e Jet Li como o Imperador.

A estreia está marcada para 26 de março de 2020.