Filmes

Artigo

Ms. Marvel é o novo Homem-Aranha do MCU?

Heróina tem potencial para preencher o vazio adolescente deixado pelo amigão da vizinhança

A cozinha
29.08.2019
20h05

Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, anunciou mais três séries para o serviço de streaming Disney+: Mulher-Hulk, Cavaleiro da Lua e Ms. Marvel. Os títulos fazem parte da cronologia do universo cinematográfico da Marvel e chegam com a promessa de trafegar entre a "TV" e o cinema. 

No anúncio de Ms. Marvel, Feige deixou essa ideial clara, dizendo que a versão atual da heroína, a jovem de origem paquistanesa Kamala Khan, será apresentada no Disney+ para depois ganhar a tela grande. Coincidentemente, essa declaração veio logo após a confirmação de que o Homem-Aranha de Tom Holland não fará mais parte do MCU por conta do conflito de interesse entre Sony e Disney. Seria essa uma estratégia para encontrar um substituto para o núcleo adolescente da franquia?

Os planos para levar a heroína para os cinemas existem há tempos. Desde que a apresentação da Capitã Marvel Carol Danvers nos cinemas foi confirmada, a possibilidade de que a sua sucessora como Ms. Marvel chegasse aos cinemas entrou na conversa - nos quadrinhos, a inumana Kamala Khan assume a identidade de Ms. Marvel em homenagem a Danvers, que até então carregara o título. 

Por ser uma adolescente heroína com base em uma região de Nova York, no caso Jersey City, e ter uma vida pessoal nem sempre fácil - seu conflito central é a relação entre a sua origem paquistanesa e a sua identidade como americana, a personagem tem potencial para ganhar o grande público pelos mesmos motivos que Peter Parker. A sua simplicidade e seus problemas do mundo real são seu grande apelo, fazendo com que qualquer um sinta que pode ser um super-herói.

No vídeo acima, falamos mais sobre esse potencial de Kamala Khan dentro do Universo Cinematográfico da Marvel, que deve contribuir para rejuvenescer a franquia nessa sua segunda década.