Filmes

Notícia

Mostra: <i>Cinema brasileiro, a vergonha de uma nação!</i>

Mostra: <i>Cinema brasileiro, a vergonha de uma nação!</i>

Marcelo Hessel
01.12.2004
00h00
Atualizada em
21.12.2016
21h04
Atualizada em 21.12.2016 às 21h04

"A bizarra, inédita e obrigatória mostra Cinema brasileiro, a vergonha de uma nação! poderia também se chamar Cinema nacional: esse bendito desconhecido, embora o epíteto não soasse tão bombástico", começa o cineasta Carlos Reichenbach nas primeiras linhas do blog que anuncia a tal mostra.

Organizador das já lendárias Sessões Duplas do Comodoro no CineSESC, Reichenbach (Garotas do ABC) hospeda de 1 a 12 de dezembro o pior da antologia nacional na aconchegante Cinemateca Brasileira, na Vila Mariana de São Paulo. São 35 representantes do sub-suspense, da ficção científica trash e da mitológica pornochanchada produzida na chamada Boca do Lixo, gênero e epicentro criativo que o público da Retomada ou não conhece ou faz questão de apagar da memória.

O Galante rei da Boca, documentário de 2003 sobre o produtor Antônio Polo Galante, é a única obra anacrônica - mas exibida no primeiro dia serve muito bem para contextualizar a mostra. A partir daí fitas em beta garimpadas em buracos sujos, VHS raros e objetos de colecionador resgatam o período que vai desde 1950 até 1983. Os lascivos e toscos anos 70 formam a grande maioria. E tome Jece Valadão, Ewerton de Castro e Darlene Glória em filmes como O fraco do sexo forte, A Psicose de Laurindo e Instinto devasso.

"Exibir filmes abandonados por programações pudicas e comprometidas com uma filmografia, dita, oficial faz parte da própria concepção de uma cinemateca, onde tanto para a preservação quanto para a difusão (...) não existe distinção de nomes e sobrenomes, títulos e subtítulos, filmes bons e filmes ruins", elucida Reichenbach no blog que oferece a programação completa, todas as fichas técnicas e uma coleção de críticas da época. Independentemente da exibição de Cinema brasileiro, a vergonha de uma nação!, o blog já é uma aula de História.

Programação e informações: http://malditosfilmesbrasileiros.blogspot.com/

Cinema brasileiro, a vergonha de uma nação!

São Paulo - 1 a 12 de dezembro

Sala Cinemateca
Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Mariana
(próxima ao Metrô Vila Mariana)
Ingressos: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)


Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.