Morre David Prowse, o homem por trás da máscara de Darth Vader

Créditos da imagem: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP

Filmes

Notícia

Morre David Prowse, o homem por trás da máscara de Darth Vader

Ator interpretou vilão na trilogia original de Star Wars, mas não a sua voz

A cozinha
29.11.2020
04h09
Atualizada em
29.11.2020
04h50
Atualizada em 29.11.2020 às 04h50

O ator e fisiculturista britânico David Prowse, que se tornou conhecido por emprestar o corpo - embora não a voz - a Darth Vader na trilogia original de Star Wars morreu neste sábado (28), aos 85 anos. A informação foi revelada pelo The Hollywood Reporter e confirmada em um tuíte da agência que cuidava da carreira de Prowse.

Com 2 m de altura, Prowse foi notado por George Lucas em um papel que fez no filme Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick. O diretor chegou a cogitá-lo também para o papel de Chewbacca, mas Prowse acabou levando o de Vader. Graças a um sotaque inglês excessivamente carregado -- e, segundo ele, a problemas de dicção com a máscara do vilão --, Prowse teve suas falas substituídas pelas de James Earl Jones, que acabou se tornando ainda mais conhecido por fazer a voz oficial de Lord Vader.

Apesar disso e de toda a presença midiática construída por Earl Jones, Prowse era reconhecido por muitos como o verdadeiro Darth Vader. Em um tuíte de 2018, MarK Hammil esclareceu: "David Prowse É Darth Vader. James Earl Jones é sua voz."  

A carreira de Prowse, que também atuou como Frankenstein em três filmes nos anos 1970, foi registrada em seu livro de memórias Straight From the Force's Mouth e no documentário de 2015 I Am Your Father.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.