Filmes

Notícia

Monster Hunter é retirado de cinemas na China após polêmica com cena

Cena vista como racista provocou a remoção

Guilherme Machado
05.12.2020
11h19
Atualizada em
07.12.2020
21h05
Atualizada em 07.12.2020 às 21h05

O filme Monster Hunter mal foi lançado na China e já foi removido de cinemas no país. A justificativa para a ação foi uma cena do longa que foi vista como racista no país [via Variety].

Na cena em questão, o personagem interpretado por Jin Au-Yeung conversa com um colega. "Olhe os meus joelhos", diz Jin. "Que joelhos são esses?", pergunta o outro personagem. "Chi-nese", responde Jin, em inglês, dividindo a sílaba da palavra para fazer piada com a sonoridade de nese com a palavra knees, que em inglês, significa joelhos.

Espectadores chineses se revoltaram com a cena, uma vez que a interpretaram como uma referência a uma rima racista antiga que insulta povos asiáticos.

Após a exibição de algumas sessões no final da noite do dia 4, foi enviado um comunicado que o filme deveria ser retirado de todas as salas e que uma nova versão, sem a cena, seria preparada.

Baseado no fenômeno homônimo dos games, Monster Hunter conta a história da Tenente Artemis (Milla Jovovich) e seu esquadrão de elite. Juntos, eles são transportados para um mundo paralelo em que os territórios são controlados por monstros. Em meio ao caos e às tentativas de voltar para casa, o grupo se depara com um caçador misterioso (Tony Jaa) com habilidades únicas de sobrevivência. Os guerreiros se unem para lutar contra os monstros e encontrar uma forma de voltar para a casa.

O longa estreia no dia 25 de dezembro em outros países.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.