Os melhores professores do cinema

Filmes

Lista

Os melhores professores do cinema

Neste dia dos professores, celebramos os melhores educadores dos filmes

Julia Sabbaga
15.10.2019
08h57

Cada ano, no dia dos professores, nós relembramos aqueles mestres que fizeram diferença, seja na vida real ou através das telas. No cinema, o que não falta é exemplo de grandes mestres; filmes clássicos como Sociedade dos Poetas Mortos ou Mentes Perigosas mostram o efeito que educadores dedicados podem ter na vida de seus alunos, mas até filmes mais inesperados, como Star Wars ou X-Men, trazem exemplos memoráveis de professores. 

Abaixo, reunimos alguns destes nomes que, apesar de distantes de nós, nos educaram lições fundamentais:

Professor Charles Xavier - X-Men

Para começar a lista, um que é difícil lembrar sem usar o título "professor". Charles Xavier, vivido por Patrick Stewart e James McAvoy no cinema, é um belo exemplo de mestre, que acima de tudo busca ensinar a convivência pacífica a todos. 

John Kimble - Um Tira no Jardim de Infância

Quem vê o título do filme imagina que Um Tira no Jardim de Infância não seja lá uma boa ideia. Mas o longa mostra Arnold Schwarzenegger como John Kimble, um policial que percebe o seu dom para a educação quando trabalha disfarçado como um professor de crianças. 

Srta. Honey - Matilda

Matilda certamente não seria aquela criança especial se não tivesse conhecido o amor e dedicação de uma professora de verdade como a Srta. Honey (Embeth Davidtz). Apesar de trabalhar em uma escola tenebrosa, a educadora faz o seu melhor para criar uma experiência positiva para seus alunos. 

Mark Thackeray - Ao Mestre, com Carinho

Mark Thackeray (Sidney Poitier) é um dos primeiros exemplos daqueles professores clássicos do cinema, em Ao Mestre, com Carinho de 1967. Thackeray espera que o seu trabalho como professor em uma escola de uma comunidade pobre seja temporário, mas quando ele consegue discutir questões sociais e raciais, e fazer uma diferença real para um grupo de alunos, sua vida muda de rumo. 

Srta. Norbury - Meninas Malvadas

As lições de sororidade e puro respeito em Meninas Malvadas vem de um nome inesquecível, a Srta. Norbury (Tina Fey). Uma mulher séria mas não sem senso de humor, ela é daquele tipo que faz os alunos perceberem seus próprios erros com paciência e um pouco de ironia. 

Mr. Miyagi - Karatê Kid

“Não existem alunos ruins. Só professores ruins". Um mestre que segue essa filosofia não poderia ficar de fora dessa lista. Apesar de ajudar Daniel LaRusso a lutar karatê, o mr. Miyagi (Pat Morita), de Karatê Kid, ensina muito mais que isso. 

Professora Stromwell - Legalmente Loira

A Professora Stromwell (Holland Taylor), de Legalmente Loira, certamente não é o foco do filme. Rígida e séria, ela até parece ser um obstáculo na vida de Elle Woods (Reese Witherspoon), mas quando a jovem começa a duvidar de suas forças, a professora está lá para lembrá-la que ela é uma mulher mais forte do que parece, e se torna essencial na jornada da protagonista. 

Antíope - Mulher Maravilha

A General Antíope (Robin Wright) é tia da Diana, mas serve como sua professora, tendo treinado a Mulher-Maravilha durante toda sua vida, mesmo que em segredo. Antíope é exemplo para Diana tanto por sua força quanto por sua perseverança, e sua morte é um momento de virada em sua vida. 

Erin Gruwell - Escritores da Liberdade

Erin Gruwell (Hilary Swank), assim como alguns dos educadores nesta lista, ensina lições de tolerância para um grupo de alunos diversos e cheios de conflitos entre si em Escritores da Liberdade. A história é ainda mais tocante por ter sido baseada em fatos, no livro da professora Erin Grunwell e os alunos da escola Woodrow Wilson High School, na Califórnia. 

Melvin B. Tolson - O Grande Debate

Melvin B. Tolson, vivido por Denzel Washington em O Grande Debate, também existiu na vida real. O professor inspirou alunos negros de uma universidade no Texas a formar seu primeiro time de debate, que acabou vencendo os alunos de Harvard apesar de inúmeras adversidades geradas pelo racismo de 1930 nos EUA. 

Minerva McGonagall – Harry Potter

Hogwarts tem um time de grandes educadores, muitos dos quais poderiam estar aqui, inclusive nomes grandes como Dumbledore ou Hagrid. Mas enquanto um serve mais como mentor e outro como amigo, Minerva McGonagall (Maggie Smith) se sobressai como a maior professora para Harry Potter e seus amigos. Ela tem um jeito severo mas é guiada por um bom-senso inigualável. 

Louanne Johnson - Mentes Perigosas

Louanne Johnson (Michelle Pfeiffer), de Mentes Perigosas, é uma daquelas educadoras que ganhou seus alunos pela perseverança. Uma ex-militar que passa a ser professora de um grupo de alunos de uma comunidade pobre, Johnson é ridicularizada no começo mas batalha e consegue modos inovadores de conquistar seus discípulos. 

Srta. Halsey - Professora Sem Classe

Em Professora Sem Classe, Cameron Diaz interpreta a Srta. Halsey, que começa o filme como a pior professora do mundo (se bem que passar a aula inteira vendo filme não parece tão ruim) mas pouco a pouco descobre o seu dom para a educação. Apesar de totalmente sem noção, a Srta. Halsey passa a ser uma boa orientadora, usando a tática do amor durão. 

Mr. Bruner - Quase 18

Existem alguns professores que fazem a diferença em uma vida toda simplesmente por estarem lá. Em Quase 18, Mr. Bruner (Woody Harrelson) é o porto seguro de Nadine (Hailee Steinfeld), que tem sua vida jogada de cabeça para baixo quando sua melhor amiga começa a namorar seu irmão. O professor é durão e adora dar conselhos diretos e sem piedade, mas é esse companheirismo que faz a diferença para a garota. 

Dewey Finn - Escola de Rock

Muitos professores desta lista aprenderam com os seus alunos a serem bons exemplos. Um dos maiores casos disto é o de Dewey Finn, personagem de Jack Black em Escola de Rock. Como um professor substituto das materias tradicionais, Finn era um desastre, mas quando ele encontra inspiração em ensinar música para as crianças, ele se torna um educador de primeira. 

John Keating - Sociedade dos Poetas Mortos

Uma lista dos melhores professores do cinema nunca poderia ficar sem John Keating (Robin Williams), de Sociedade dos Poetas Mortos. Com o lema Carpe Diem, o professor de inglês ensina muito mais que poesia aos seus alunos, se tornando um símbolo para busca de felicidade de modos menos tradicionais, e uma inspiração para questionar o sistema. 

Srta. Watson - O Sorriso de Mona Lisa

A personagem de Srta. Watson (Julia Roberts) em O Sorriso de Mona Lisa simboliza quase o mesmo que John Keating em Sociedade dos Poetas Mortos, só que em uma universidade para garotas. A professora inspira as alunas a pensarem além dos livros educativos, mostrando um novo jeito de ver a arte e revelando novas formas de ver a vida como um todo, que a sociedade tradicional limitava. 

Yoda - Star Wars

Claro que Yoda não poderia ficar de fora. O grande mestre Jedi é um ser único na galáxia, que tem seus modos de ensino não muito convencionais, mas certamente eficientes. Com bondade, seriedade e um pouco de travessura, Yoda é um professor exemplo do começo ao fim, que leva seus ensinamentos até suas últimas palavras: "sempre passe adiante o que você aprendeu".