Filmes

Notícia

Mark Boal e Kathryn Bigelow querem um filme menor antes de Triple Frontier

Filme deve ser feito para matar o tempo, com custo estimado em 10 milhões de dólares

Marcelo Forlani
06.12.2010
12h57
Atualizada em
13.12.2016
00h00
Atualizada em 13.12.2016 às 00h00

Triple Frontier pode não ser o próximo filme da ganhadora do Oscar Kathryn Bigelow. Enquanto espera que os astros se alinhem na produção do longa-metragem sobre a tríplice fronteira de Brasil-Argentina-Paraguai estrelado por Tom Hanks, a diretora quer desenvolver um projeto independente menor, só para matar o tempo.

Segundo a Variety, o novo filme está sendo desenvolvido ao lado do roteirista Mark Boal, seu parceiro em Guerra ao Terror. O projeto terá custo ao redor de 10 milhões de dólares e terá de se encaixar na agenda dos dois antes de começar as filmagens do grandioso projeto sobre a máfia sul-americana.

Kathryn Bigelow

None
Kathryn Bigelow

Ainda não há datas ou nomes envolvidos para este projeto.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.