Imagem de Jane Fonda e Lily Tomlin

Créditos da imagem: Eva Hambach/AFP

Filmes

Notícia

Lily Tomlin é presa em protesto organizado por Jane Fonda

Atrizes, que atuam juntas em Grace and Frankie, protestaram contra as mudanças climáticas

Camila Sousa
29.12.2019
12h06

A atriz Lily Tomlin foi presa na última semana ao participar de um protesto contra mudanças climáticas organizado por Jane Fonda, sua colega de elenco em Grace and Frankie. Apesar de não ter sido detida esta semana, Fonda foi levada em cinco manifestações anteriores. Segundo o Deadline, ela pretende liderar os protestos, que acontecem sempre às sextas-feiras, até meados de janeiro, quando voltam as filmagens da série da Netflix.

Intitulados de Fire Drill Friday (“sextas-feiras de simulação de incêndio”, em tradução livre), os protestos são liderados pela intérprete de Grace, que se mudou para a capital americana após ser inspirada pela jovem ativista ambiental Greta Thunberg. Os protestos consistem em ocupações na frente do prédio do Capitólio e acontecem mesmo quando o congresso está de recesso, como nesta semana.

Desta vez, Fonda e Tomlin também protestaram no gramado sudeste do Capitólio e falaram da importância de conservar as florestas do mundo, enquanto Tomlin criticou a postura de grandes empresas que contribuem para o desmatamento. Já Fonda afirmou que as duas próximas manifestações, marcadas para os dias 3 e 10 de janeiro, terão como foco "envergonhar empresas que estão reescrevendo a indústria de combustíveis fósseis".

Fonda pagou fiança nas vezes em que foi presa, mas precisou passar uma noite na prisão em novembro, por ser sua quarta vez detida. A atriz afirmou que ficou sozinha durante um período em sua cela, mas depois foi levada para uma área com outras mulheres presas e ouviu suas histórias.