Imagem de Leonardo DiCaprio

Créditos da imagem: Vivien Killilea/Getty Images North America/AFP

Filmes

Artigo

Conheça o trabalho de Leonardo DiCaprio em prol do meio ambiente

Além de ator, produtor e roteirista, astro também é conhecido por se preocupar com causas em benefício do planeta

Camila Sousa
29.11.2019
17h39
Atualizada em
29.11.2019
19h26
Atualizada em 29.11.2019 às 19h26

Leonardo DiCaprio tem uma carreira de sucesso no cinema, marcada por filmes como Titanic (1997), Os Infiltrados (2006), A Origem (2010) e O Regresso (2015), pelo qual venceu o Oscar de Melhor Ator. Mas, além do sucesso nas telas, o astro também é conhecido por se engajar com causas em prol do meio ambiente.

Ainda em 1998, pouco depois do sucesso de Titanic, ele criou a The Leonardo DiCaprio Foundation, instituição dedicada a proteger o bem-estar de todos os habitantes da terra, incluindo um projeto de proteção à regiões ecológicas ao redor do mundo; programas para monitorar e preservar direitos de territórios indígenas; soluções de energia renovável para controlar a crise climática; um programa especial voltado para o clima na Califórnia, conhecida por sofrer com diversos incêndios naturais anualmente; e inovações tecnológicas para ajudar na conservação da natureza ao redor do mundo.

Além da própria instituição, DiCaprio se envolveu com outros grupos como o Natural Resources Defense Council, ONG que existe desde a década de 70; a Global Green USA, que faz parte da Cruz Verde Internacional; e a International Fund for Animal Welfare, o Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal.

O astro trabalhou por quatro anos e, em 2007, lançou o documentário A Última Hora, seu primeiro filme sobre o tema. Com a participação de diversos especialistas em defesa do meio ambiente, o longa mostra a situação atual de vários ecossistemas ao redor do mundo e traz soluções que podem ajudar a restaurar parte deles.

Depois disso, DiCaprio produziu diversos trabalhos do gênero, como O Extermínio do Marfim (2016), que fala sobre o tráfico ilegal de marfim na África; Gelo em Chamas (2019), sobre formas de reduzir a emissão de gases que contribuem para o efeito estufa; Sea of Shadows (2019), sobre a menor espécie de baleia do mundo, que está correndo risco de extinção; e And We Go Green (2019), sobre a Fórmula E, uma categoria de corrida de carros elétricos ecológicos.

Além de alertar o público sobre os problemas envolvendo o meio-ambiente através do cinema, DiCaprio é conhecido por fazer diversas doações em tragédias, como o terremoto de 2010 no Haiti, e também apoia outras causas além do meio ambiente. O astro doou US$ 61 mil para a organização GLAAD, que monitora como a mídia retrata as pessoas LGBTQ+.  

Após todos esses trabalhos, Leonardo DiCaprio foi nomeado em 2014 como o Representante das ONU sobre as Mudanças Climáticas, estabelecendo de vez seu nome como um dos mais importantes em defesa do meio ambiente no mundo. Recentemente, o astro se encontrou com Greta Thunberg, jovem de 16 anos conhecida por ter um poderoso discurso em prol do meio ambiente, e fez um compromisso de ajuda mútua. 

Com tudo isso, Leonardo DiCaprio prova que tem uma preocupação genuína com o futuro do planeta e está disposto a lutar por isso dentro e fora das telas.