Kree vs Skrull: conheça as raças alienígenas de Capitã Marvel

Filmes

Artigo

Kree vs Skrull: conheça as raças alienígenas de Capitã Marvel

Longa vai mostrar a rivalidade entre as duas raças

Fábio de Souza Gomes
09.01.2019
11h07

O filme da Capitã Marvel vai explorar a rivalidade de duas das principais raças alienigenas da Casa de Ideias: os Krees e os Skrulls. A primeira já apareceu no MCU em filmes como Guardiões da Galáxia, enquanto a segunda deve ser uma das principais ameaças dos próximos filmes da franquia. A história deles começou praticamente junto com universo interligado das HQs e eles tem ligação com alguns dos principais heróis da editora. 

Os Skrulls apareceram pela primeira vez em 1962, na HQ do Quarteto Fantástico. A publicação do Quarteto revolucionou a Marvel pois deu início ao universo interligado nos quadrinhos e a raça alienígena apareceu logo na edição número 2. A obra de Stan Lee Jack Kirby revelou que os vilões contavam com um império na galáxia Andromeda e o principal poder deles era se transformar em basicamente no que quisessem. Na publicação eles assumem o lugar do Quarteto, quase destroem a fama dos heróis, mas no fim Reed Richards acaba enganando os vilões e faz com que eles se transformem em vacas.

Os personagens logo ganharam espaço nos quadrinhos e, com isso, a Marvel passou a dedicar histórias para detalhar a origem dos Skrulls. A raça nasceu cerca de bilhões de anos atrás, quando eles foram visitados por uma raça de aliens gigantes conhecidos como Celestiais – que também já apareceram no universo Marvel (no caso, o Ego, de Guardiões da Galáxia Vol. 2, é um celestial). Os celestiais fizeram um experimento com os Skrulls e dividiram eles em três espécies: um com uma longevidade gigantesca, um com aprimoramentos genéticos que evoluiriam com o tempo e outra capaz de se transformar. O último grupo, os Deviants, subjugaram as outras duas e criaram o império Skrull.

Ao longo dos anos, eles viajaram pelo universo dominando diversos mundos e fazendo com que os povos virassem súditos de seu império. Eventualmente, eles abandonaram as guerras e se tornaram um Império voltado para a ciência. Um dia eles, eles encontraram o planeta de Hala, onde duas raças estavam no início da civilização: os Kree e os Coati. Os Skrulls decidiram fazer um teste para determinar qual raça mereceria o apoio da tecnologia Skrull para se desenvolver e, com isso, levaram um grupo de Kree e Coati para lua da Terra. Quem mostrasse mais valor receberia esse apoio.

Os Skrulls julgaram o trabalho dos Coati superior, o que causou ódio no grupo dos Kree. Com isso, os Kree mataram os Skrulls, assassinaram os Coati e roubaram a tecnologia - dando início a sua evolução. Como o império Skrull era gigantesco na época, demorou décadas para descobrirem o que os Kree estavam fazendo. Os Kree, eventualmente, atacaram os Skrulls e começou a rivalidade Kree-Skrull que deveremos ver no filme.

Eventualmente, o planeta natal de Skrull foi consumido por Galactus e com a perda de seu governo central, o império Skrull basicamente entrou em colapso. Isso só aumentou a rivalidade entre as duas raças. 

Eventualmente, ambas ganharam espaço na Casa de Ideias. Mar-Vell, um Kree, passou a ser um dos principais heróis da Terra, ao mesmo tempo que os Skrulls viraram protagonistas de uma das sagas mais importantes da Marvel nos últimos anos: Invasão Secreta. Nela, eles assumem o lugar dos principais heróis da Terra e fazem uma invasão silenciosa. Na HQ, eles iniciam uma grande guerra onde os heróis não sabiam em quem poderiam confiar e alguns skrulls estão infiltrados há tanto tempo que chegam a se esquecer que eram skrulls.

A rivalidade entre as raças deve ser explorada no cinema, especialmente em Capitã Marvel. É possível que a Invasão Skrull tenha começado já nos anos 90 e o filme deve solidificar os Skrulls e os Kree como raças importantes para o futuro do MCU.