Piratas do Caribe

Créditos da imagem: Disney/Divulgação

Filmes

Notícia

Diretoras repudiam Festival de Cinema de San Sebastian por premiar Johnny Depp

Presidente da Associação de Cineastas Mulheres da Espanha criticaram a organização do evento por passar a mensagem de que “não importa se você for um abusador, desde que seja um bom ator”

Nico Garófalo
10.08.2021
20h06

A Associação de Cineastas Mulheres da Espanha repudiaram, de forma oficial, a organização do Festival de Cinema de San Sebastian por conceder sua maior honraria, o prêmio Donostia, a Johnny Depp. O ator foi julgado culpado de agressão à ex-esposa, Amber Heard, e, segundo a entidade, premiá-lo neste contexto “transmite uma mensagem terrível” (via Associated Press).

Presidente da Associação, Cristina Andreu se disse “muito surpresa” pela escolha dos organizadores do Festival. “Isso cria uma má impressão sobre o festival e sua liderança e transmite uma mensagem terrível ao público que não importa se você for um abusador, desde que seja um bom ator”.

O prêmio Donostia celebra a carreira dos vencedores e é visto como a principal honraria do Festival de Cinema de San Sebastian, que acontece anualmente na Espanha.

A briga legal entre Depp e Heard tem dominado os tablóides, com os atores trocando acusações de agressões e abusos. Até o momento, o ator de Piratas do Caribe já sofreu diversas derrotas no tribunal, além de ter sido demitido do próximo filme da franquia Animais Fantásticos.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.