Filmes

Notícia

<i>Apocalipse Now</i> eleito o melhor filme dos últimos 25 anos

<i>Apocalipse Now</i> eleito o melhor filme dos últimos 25 anos

Érico Borgo
08.11.2002
00h00
Atualizada em
02.11.2016
02h00
Atualizada em 02.11.2016 às 02h00

Apocalypse Now (idem, 1979), de Francis Ford Coppola (O poderoso chefão) foi eleito pelo British Film Institute, grupo de críticos de cinema e escritores britânicos, como o melhor filme dos últimos 25 anos. O grupo foi o mesmo que escolheu recentemente Cidadão Kane (Citizen Kane, por Orson Welles, 1941) como o melhor filme de todos os tempos.

A produção sobre a guerra do Vietnã foi seguida de Touro indomável (Raging Bull, por Martin Scorsese, 1980) e Fanny & Alexander (idem, por Ingmar Bergman, Suécia / França / Alemanha - 1982). Em quarto lugar, mais um filme de Scorcese, Os bons companheiros (GoodFellas, 1990) e na quinta posição Veludo azul (Blue Velvet, 1986), de David Lynch.

Segundo Nick James, editor da revista do Film Institute, Apocalypse Now liderou a lista porque é uma experimentação rica, complexa e insana de um filme de guerra, que consegue flertar com a extravagância e a profundidade.

Confira abaixo a lista completa:

01. Apocalypse Now (idem, Francis Ford Coppola, 1979)
02. Touro indomável (Raging Bull, Martin Scorsese, 1980).
03. Fanny & Alexander (idem, Ingmar Bergman, 1982).
04. Os bons companheiros (GoodFellas, Martin Scorsese, 1990).
05. Veludo azul (Blue Velvet, David Lynch, 1986).
06. Faça a coisa certa (Do the Right Thing, Spike Lee, 1989).
07. Blade Runner - o caçador de andróides (Blade runner, Ridley Scott, 1982).
08. Amores expressos (Chong qing sen lin, Wong Kar-Wai, 1994).
09. Vozes distantes (Distant Voices, Still Lives, Terence Davies, 1988).
10. Era uma vez na América (Once Upon a Time in America, Sergio Leone, 1983).








Particularmente, concordo com muito poucos filmes dessa lista, mas Apocalipse Now com certeza é uma das melhores produções cinematográficas de todos os tempos. Se você ainda não leu, o filme foi alvo de uma das mais elaboradas críticas aqui do Omelete. Confira aqui.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.