Tobey Maguire como Homem-Aranha

Créditos da imagem: Homem-Aranha/Divulgação

Filmes

Notícia

James Cameron criou lança-teias orgânicos de Homem-Aranha

Roteirista fala da contribuição do cineasta na trilogia de Sam Raimi

Arthur Eloi
22.06.2020
18h55

A trilogia do Homem-Aranha por Sam Raimi criou uma versão própria do Teioso, diferente de tudo que veio antes. Uma das criações, por exemplo, são os lançadores orgânicos de teia do herói. Segundo o roteirista David Koepp, a ideia partiu de uma pessoa inusitada: James Cameron.

Em entrevista ao IGN, o roteirista contou que o longa de Raimi pegou emprestado alguns conceitos do script de 80 páginas que Cameron escreveu na década de 1980, quando estava encarregado de dirigir o longa. “Por volta de 2000 ou 2001, quando eu estava escrevendo Homem-Aranha, não havia tido um filme bom herói desde talvez o segundo Batman. X-Men ainda não havia sido lançado. Acho que esse saiu quando estávamos filmando”, relembra de como eram as produções de heróis da época. Para Koepp, o argumento de Cameron era algo de outro nível. “O fato de que ele [James Cameron] havia escrito 85 ou seja lá quantas páginas para o argumento, era algo bastante importante. É como se dissesse ‘leve a sério. É um filme real com gente real’.

Koepp diz que a ideia do cineasta de Exterminador do Futuro era tão boa que precisou pegar alguns elementos para a sua versão. “Havia algumas ótimas ideias. Eu gosto do lança-teia orgânico, que algumas pessoas gostaram e outras não, mas isso foi ideia dele e eu fiquei contente em usar.

A trilogia do Homem-Aranha por Sam Raimi (Evil Dead) teve três filmes entre 2002 e 2007, todos com Tobey Maguire como Peter Parker.