Filmes

Notícia

Harvey Weinstein é banido do Sindicato de Produtores permanentemente

Desde o início das denúncias, ele foi expulso também da Academia do Oscar

Mariana Canhisares
31.10.2017
11h49
Atualizada em
31.10.2017
12h04
Atualizada em 31.10.2017 às 12h04

O Sindicato dos Produtores baniu para sempre Harvey Weinstein da organização, de acordo com a Variety. O anúncio foi feito na última segunda-feira (30), tendo sido uma decisão unânime entre todos os membros.

"Esse passo sem precedentes é um reflexo da seriedade com que o sindicato leva as numerosas denúncias da conduta repreensiva do Sr. Weinstein durante décadas. Assédio sexual não pode mais ser tolerado na nossa indústria ou dentro das fileiras de adesão do sindicato", afirmou a organização em nota.

Harvey e seu irmão, Bob Weinstein, já foram homenageados pelo Sindicato dos Produtores em 2013, com o prêmio mais importante da organização. Entre os já premiados estão Steven Spielberg, Clint Eastwood e Jeffrey Katzenberg.

Harvey Weinstein é um dos mais famosos produtores de Hollywood que foi acusado de abuso sexual por atrizes e profissionais da indústria primeiramente em matéria do New York Times. Desde então, ele foi demitido da própria empresa e expulso da Academia do Oscar (leia mais).