Caio Blat em Grande Sertão (Reprodução)

Créditos da imagem: Caio Blat em Grande Sertão (Reprodução)

Filmes

Entrevista

Caio Blat confessa: “Tinha pesadelos com Selton Mello fazendo Riobaldo”

Ator não achou que Guel Arraes o escalaria para protagonista de Grande Sertão

Omelete
2 min de leitura
09.06.2024, às 06H00.

Para Caio Blat, a escalação como Riobaldo no filme Grande Sertão foi uma grande surpresa - mesmo que ele já tivesse interpretado o personagem por alguns anos no teatro, em uma montagem criticamente celebrada, e mesmo que o diretor do longa fosse o seu sogro, Guel Arraes.

Quando eu soube que o Guel ia fazer o filme, nunca pensei que ele ia querer me escalar. Pensei que ele ia querer fazer algo diferente, porque eu já tinha estado na peça”, contou o ator ao Omelete. “Tinha pesadelos com o Selton [Mello] interpretando o Riobaldo. Quando ele falou que ia me convidar, foi uma surpresa total”.

Aos risos, o próprio Arraes brincou ao Omelete que a escalação de Blat era a mais óbvia do mundo, incontornável”. O cineasta ainda acrescentou que trabalhar no filme com o genro e com a filha, Luisa Arraes, foi uma oportunidade muito especial.

Foi legal também porque, na pandemia, a gente conseguiu trabalhar em família. Nós estávamos na mesma bolha, então fazíamos um ensaio dentro da sala de casa - eu e Caio passamos horas ensaiando aquele grande monólogo de Riobaldo”, contou. “Com os outros atores tinha que ser online, mas eles dois estavam lá comigo. Por isso acho que o filme tem isso de ser uma grande produção, mas feita artesanalmente”.

Grande Sertão já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.