Michael Tronick, Giuseppe Rotunno e Chris Newman

Créditos da imagem: Alberto E. Rodriguez / Getty Images North America / Getty Images via AFP

Filmes

Notícia

Diretor de fotografia Giuseppe Rotunno morre aos 97 anos

Conhecido por ser colaborador de longa data de Federico Fellini, seu currículo inclui títulos como Amarcord

Mariana Canhisares
08.02.2021
09h58

O diretor de fotografia Giuseppe Rotunno, também conhecido como Peppino, morreu na sua casa no último domingo (7) em Roma, na Itália, de acordo com a Variety. A causa da morte não foi revelada.

Com mais de 60 anos de carreira, Rotunno colaborou com grandes cineastas italianos, como Mario Monicelli, Lina Wertmuller, Dario Argento e, claro, com Federico Fellini. A parceria com Fellini começou nos anos 1960, com Satyricon, e se extendeu por mais sete filmes, entre os quais Amarcord e Casanova.

Rotunno também teve uma notável passagem por Hollywood, trabalhando com Henry Koster em A Maja Desnuda, longa estrelado por Ava Gardner, além de nomes como Mike Nichols e John Huston. O diretor de fotografia foi indicado ao Oscar por O Show Deve Continuar, do diretor e coreógrafo Bob Fosse. Rotunno não levou a estatueta, mas saiu vencedor de outra premiação, o BAFTA, em 1981.

Seu último trabalho foi em 1997 I Remember, Yes, I Remember, documentário sobre o ator italiano Marcello Mastroianni.

Giuseppe Rotunno deixa a esposa Graziolina Campori Rotunno, três filhas e sete netos.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.