Gerard Depardieu

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Filmes

Notícia

Gerard Depardieu é acusado de estupro por caso de 2018

Denúncia havia sido descartada em 2019 mas foi reaberta de acordo com a AFP

A cozinha
23.02.2021
16h02

Gerard Depardieu foi formalmente acusado de estupro e assédio sexual por um caso de 2018, de acordo com a AFP. Segundo a Deadline, a acusação havia sido descartada em 2019 por falta de evidências mas foi reaberta em outubro do ano passado. 

A denúncia vem de uma atriz anônima de 20 e poucos anos, que alega ter sido assediada por Gepardieu durante ensaios na casa do ator francês.

Detalhes do caso não foram divulgados, mas Depardieu se pronunciou através do seu advogado à AFP, dizendo "refutar completamente as acusações". 

Depardieu foi indicado ao Oscar por seu papel no longa de 1990, Cyrano, e já foi indicado ao BAFTA duas vezes, uma pelo mesmo filme e outra em 1986, por Jean de Florette. O ator também já levou o Globo de Ouro pela comédia romântica Green Card: Passaporte para o Amor.

Assédio em Hollywood

2017 foi marcado por diversas denúncias, que começaram com acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Depois disso, vários outros casos vieram à tona, incluindo o de Kevin Spacey, que foi demitido de House of Cards depois disso.

No primeiro dia de 2018, 300 mulheres que trabalham em Hollywood, incluindo atrizes, diretoras, roteiristas e produtoras, formaram o Time’s Up, uma iniciativa para lutar contra o assédio sexual na indústria do audiovisual e também em áreas de trabalho manual, como mecânica, construção, etc.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.