Tom Hanks em Filadélfia (TriStar Pictures/Divulgação)

Créditos da imagem: Tom Hanks em Filadélfia (TriStar Pictures/Divulgação)

Filmes

Notícia

Filadélfia | Tom Hanks diz que ator hétero não poderia protagonizar o filme hoje

Astro entende que isso não é mais aceitável

Omelete
1 min de leitura
Pedro Henrique Ribeiro
15.06.2022, às 21H55

O astro Tom Hanks disse que hoje não seria aceitável que um homem heterossexual interpretasse seu personagem no longa Filadélfia. No filme, de 1993, que rendeu o primeiro Oscar do ator, Hanks interpreta um homem gay demitido injustamente.

"Um homem heterossexual poderia fazer o que eu fiz em Filadélfia hoje? Não, e com razão”, disse o astro ao The New York Times. “O ponto principal de Filadélfia era não ter medo. Uma das razões pelas quais as pessoas não tinham medo desse filme é que eu estava interpretando um homem gay. Estamos além disso agora, e eu não acho que as pessoas aceitariam a inautenticidade de um cara hétero interpretando um cara gay.”

No filme, Hanks interpreta Andrew Beckett, um homem gay diagnosticado com HIV que é demitido do escritório de advocacia, onde ele trabalha por causa de sua doença. Para reivindicar sua demissão injusta, ele contrata Joe Miller (Denzel Washington), um advogado homofóbico que é o único a aceitar o caso.

O Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Acompanhe a gente também no YouTube: no Omeleteve, com os principais assuntos da cultura pop; Hyperdrive, para as notícias mais quentes do universo geek; e Bentô Omelete, nosso canal de animes, mangás e cultura otaku.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.