Filmes

Notícia

Escolhido o diretor para a adaptação de Extremamente Alto Incrivelmente Perto

Stephen Daldry cuidará do filme baseado na obra de Jonathan Safran Foer

Érico Borgo
05.04.2010
00h00
Atualizada em
08.12.2016
04h14
Atualizada em 08.12.2016 às 04h14

Stephen Daldry (Billy Elliot) foi contratado para dirigir a adaptação para as telas de Extremamente Alto Incrivelmente Perto, segundo romance de Jonathan Safran Foer.

A contratação é animadora. Daldry tem experiência com adaptações e sensibilidade para levar a história ao cinema, como já provou em filmes baseados em livros como O Leitor e As Horas.

Capa

None

Na trama, um menino de nove anos chamado Oskar Schell - desenhista de jóias, astrofísico, estudante de francês, tocador de pandeiro, ator Shakespeareano, pacifista e inventor de maravilhosas invenções fantásticas - parte numa busca de anos para desvendar um mistério e encontrar a fechadura que uma chave, que ele encontrou num envelope no closet do pai, abre. Entremeadas na história, cartas que ilustram outra tragédia da história humana, ocorrida 56 anos antes: o bombardeio de Dresden na Segunda Guerra Mundial.

O filme será uma coprodução da Paramount e Warner Bros.. Eric Roth, de O Curioso Caso de Benjamin Button, escreveu o roteiro. A produção agora terá o maior problema do projeto: encontrar um ator-mirim para viver o difícil Oskar. Estaremos de olho.

Leia a crítica do livro Extremamente Alto Incrivelmente Perto.