Debra Winger em Mr. Corman e Madonna em Uma Equipe Muito Especial

Créditos da imagem: Divulgação e Montagem/Omelete

Filmes

Notícia

Escalação de Madonna fez Debra Winger deixar Uma Equipe Muito Especial

Atriz disse ter sentido que produção se tornaria "um filme do Elvis"

Beatriz Amendola
15.08.2021
20h26
Atualizada em
15.08.2021
20h52
Atualizada em 15.08.2021 às 20h52

A escalação de Madonna para o filme Uma Equipe Muito Especial (1992) mexeu com os bastidores, segundo Debra Winger. Em entrevista ao jornal britânico The Telegraph [via EW], a atriz disse que optou por deixar a produção quando a Rainha do Pop foi contratada. 

Winger disse ter sentido que a produção se tornaria "um filme do Elvis". "O estúdio concordou comigo, porque foi a única vez em que recebi meu pagamento sem ter trabalhado, e é muito difícil conseguir isso na Justiça", acrescentou. 

A atriz, atualmente no elenco da série Mr. Corman, do Apple TV+, ainda criticou o filme, que conta uma história real sobre uma liga feminina de beisebol. "Por mais divertido que o filme seja, você não sai pensando 'uau, essas mulheres fizeram isso'. Você pensa 'issoné verdade?'". 

No fim, Winger acabou substituída por Geena Davis, que dividiu as telas com Madonna e Tom HanksUma Equipe Muito Especial vai ganhar uma série, produzida pela Amazon.

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.