Como diretora e produtora se uniram para representar mulheres latinas em Encanto

Créditos da imagem: Mirabel, a protagonista de Encanto (Divulgação)

Filmes

Artigo

Como diretora e produtora se uniram para representar mulheres latinas em Encanto

Charise Castro-Smith e Yvett Marino “se tornaram irmãs” nos bastidores da animação da Disney

Caio Coletti
25.11.2021
11h52
Atualizada em
25.11.2021
12h53
Atualizada em 25.11.2021 às 12h53

Charise Castro-Smith confessa que sentiu a pressão de ser a primeira mulher latina a co-dirigir uma animação da Disney. Creditada por Encanto ao lado de Jared Bush e Byron Howard (dupla de Zootopia), ela é também apenas a segunda mulher - de qualquer etnia - a assinar um longa animado do estúdio, depois de Jennifer Lee na franquia Frozen

A cineasta contou ao Omelete como foi a experiência: “Esse tipo de filme é um projeto grande para se assumir. Tivemos um time gigantesco trabalhando em Encanto, e cada uma das pessoas desse time se dedicou enormemente ao filme. Então, sim, eu senti bastante pressão, mas preciso dizer que tive uma amiga e colaboradora maravilhosa nessa jornada, que foi Yvett Marino.

A produtora “se tornou uma espécie de irmãpara Castro-Smith durante o longo processo de criar uma animação da Disney - e, como toda irmã, Marino também era cheia de conselhos. Dou muito crédito a ela nesse sentido, porque Yvett trabalha em animação há muitos anos. Não poderia ter feito isso sem ela, completou a diretora.

Yvett Marino e Charise Castro-Smith durante entrevista com o Omelete (Divulgação)

Marino, que também conversou com o Omelete, faz parte da equipe da Disney Animation há 25 anos, trabalhando em títulos como Detona Ralph, Operação Big Hero e Moana em várias capacidades até conseguir o seu primeiro crédito como produtora principal, justamente em Encanto. Até por essa trajetória, a identificação com a protagonista do longa, Mirabel, é intensa.

Ela é a menina ‘comum’ da família espetacular que tem. Chegando à Disney Animation, anos atrás, eu certamente me senti como ela, disse. “Este é um estúdio com artistas maravilhosos e uma tradição enorme, e eu tive que descobrir aos poucos como me encaixava nesse ambiente”.

Castro-Smith declarou algo parecido ao refletir sobre sua protagonista, dizendo que “a busca de Mirabel por identidade, e a vulnerabilidade que ela demonstra” remetem à Charise adolescente. A diferença, é claro, é que a Charise adolescente não tinha uma Mirabel para ver na tela grande.

Fazer esse filme é enormemente importante para mim, admitiu a diretora.Porque filmes assim não existiam quando eu era pequena. Me sinto muito feliz de poder colocar uma família nos cinemas que se parece muito com a minha, e com tantas outras famílias latinas ao redor do mundo. Assim, desde pequenas, as crianças de cada uma dessas famílias poderão se ver representadas”.

Encanto conta a história da família Madrigal, cujos membros recebem diferentes poderes mágicos ao atingirem a maturidade, desde superforça até o poder de curar. Mirabel (voz de Stephanie Beatriz em inglês) foi a única exceção a essa regra, mas também é ela que terá que correr para tentar salvar a magia da família quando tudo parece estar em risco.

O longa da Disney já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.