Don Lee em Em Ruínas

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Filmes

Entrevista

Don Lee e Heo Myeong-haeng repetem parceria de Invasão Zumbi em Em Ruínas

Trabalhando juntos há anos, foi o estímulo do astro que colocou o então coordenador de dublês na cadeira de diretor dessa vez

Omelete
2 min de leitura
27.01.2024, às 12H32.
Atualizada em 28.01.2024, ÀS 19H59

É inegável a experiência do ator sul-coreano Ma Dong-seok, também conhecido como Don Lee, com cenários apocalípticos. Basta lembrar do ótimo Invasão Zumbi (Train to Busan) para reconhecer não só sua habilidade física, como sua destreza emocional para transmitir humanidade em situações tão áridas. Contudo, embora o fim do mundo seja um fator comum com o longa de 2016, não foi sua familiaridade com a dureza desta realidade fictícia que o ajudou no seu mais novo lançamento, Em Ruínas. Na verdade, foi contar com um parceiro de longa data por trás das câmeras.

“O fato de trabalhar junto com o diretor Heo e seu time de dublês por dezenas de anos e em muitos filmes, incluindo Invasão Zumbi, que nos ajudou a ter essa química e criar outro nível de ação para esse filme”, afirmou Don Lee em mesa redonda, da qual o Omelete participou.

De fato, o novo hit da Netflix é o mais novo título na longa lista de colaborações entre o astro e o diretor Heo Myeong-haeng, que ainda inclui a franquia Força Bruta. A diferença, no caso de Em Ruínas, é que pela primeira vez o renomado coordenador de dublês se senta na cadeira de diretor — curiosamente um desejo antigo não de Heo, mas do ator e produtor. “Don sempre quis que eu me tornasse um diretor. Antes mesmo desse filme, ele me falou de vários roteiros que ele estava tentando adaptar para que eu achasse meu caminho até a direção, e ele achou que esse projeto combinava comigo”, explicou Heo.

Neste longa, ambientado em uma Seul pós-apocalíptica, Don Lee é Nam San, um caçador formidável que navega com habilidade um mundo no qual o caos supremo reina, seja pelas ameaças naturais, seja por causa dos próprios sobreviventes. Quer dizer, há alguma semelhança com a premissa de Invasão Zumbi, mas, segundo o ator, Em Ruínas lhe ofereceu novas vivências. “Nunca usei realmente rifles nos meus trabalhos passados. Geralmente uso só os meus punhos”, lembrou. “Dessa vez, fiz sequências de ação tanto usando minhas mãos, quanto facões, espadas, armas e rifles”.

Contudo, isso não significou que ele precisou treinar mais. Pelo contrário — embora faça questão de notar que a preocupação com a segurança dos demais atores está sempre presente. “Não faço nenhuma preparação extra para cenas de ação. Faço isso na minha vida cotidiana. Tento manter minha energia lá em cima, ficar pronto para quando tiver uma cena de ação eu possa simplesmente filmá-la.”

Logo, quer você seja fã de Invasão Zumbi ou Força Bruta, você pode esperar de Em Ruínas a porradaria que fez do duo Don Lee e Heo Myeong-haeng uma colaboração tão bem-sucedida no passado. O longa já está disponível na Netflix.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.