Filmes

Artigo

DVD: Seven - os sete pecados capitais

Um dos melhores filmes dos últimos anos ganha embalagem caprichada

Érico Borgo
31.01.2001
01h00
Atualizada em
02.11.2016
04h04
Atualizada em 02.11.2016 às 04h04

Seven (Se7en, 1995), o excelente thriler de suspense da New Line Cinema dirigido por David Fincher (Clube da Luta, Vidas em Jogo), finalmente chega às lojas em versão para DVD.

Felizmente, a espera foi recompensada, pois o lançamento, além de duplo, é tão especial quanto o filme.

Lançado nos Estados Unidos no início de janeiro, o DVD chegou recentemente à redação do Omelete (que, desde então, se encontra em estado de choque). Pra começar, o projeto gráfico da embalagem segue o visual da impressionante seqüência de abertura do filme. Uma caixinha acondiciona uma segunda embalagem que simula um dos cadernos escritos pelo assassino serial John Doe. Abrindo esse caderno, estão os dois DVD´s.

No primeiro, encontra-se o filme em versão widescreen, remasterizado a partir da película original, com trilha sonora Dolby EX 5.1 (além de DTS e estéreo surround), mais quatro trilhas de áudio comentadas. A primeira pelo diretor David Fincher, a segunda por Brad Pitt (que interpreta o detetive Mills), a terceira por Morgan Freeman (detetive Somerset) e a última por diversos profissionais envolvidos na produção. Se executado em um PC com DVD, há também a opção de impressão do roteiro original.

Já o segundo disco, impressiona pela quantidade de material suplementar disponível. Algumas cenas deletadas e extendidas, uma exploração passo-a-passo comentada da versão final da seqüência de abertura (mais versões preliminares da mesma), inúmeras galerias de imagens que incluem TODAS as fotos tiradas por John Doe de seus crimes (cerca de 100), mais as fotos tiradas pela polícia nas cenas dos assassinatos (dezenas delas), documentários do tipo por trás das câmeras de como foi criado o apartamento de Doe e seus cadernos de notas, trailers originais de cinema, press- release para a imprensa e talvez o melhor de todos... um final alternativo em forma de storyboard e o final original que não passou pelo teste de projeção.

Além de tudo isso, usuários de DVD-Rom ainda possuem uma seção exclusiva com um website sobre a mente de John Doe e links para suas fotos, pensamentos e sites de fãs. Enfim, uma exploração detalhada dos sete pecados capitais conforme imaginados pelo assassino.

Assistir esse lançamento foi como assistir Se7en pela primeira vez no cinema. Existem surpresas a cada instante e a tensão é crescente. E não há como imaginar que para realizar o filme, foi necessário realmente CRIAR o assassino.

Agora, resta apenas aguardar o lançamento aqui no Brasil e torcer para que a qualidade seja a mesma apresentada lá fora.

A embalagem - imagem do site oficial.