Filmes

Artigo

Downton Abbey volta a enfrentar mudanças em Uma Nova Era: "É preciso se adaptar"

Omelete falou com elenco; saiba mais sobre o filme

Omelete
3 min de leitura
Beatriz Amendola
29.04.2022, às 11H15
ATUALIZADA EM 09.05.2022, ÀS 15H27
ATUALIZADA EM 09.05.2022, ÀS 15H27

Para quem acompanhou as seis temporadas de Downton Abbey, um tema sempre se sobressaiu: o embate entre a inevitável modernização e as tradições constituídas entre seus moradores, sejam eles os aristocratas Crawley ou os criados que mantém a enorme propriedade funcionando.

Esse embate se mantém, talvez ainda mais explícito, com o filme Downton Abbey II: Uma Nova Era, que chega aos cinemas nesta quinta-feira (28). “Sempre houve uma ameaça de mudança que foi chegando aos poucos, e é muito interessante ver como os personagens respondem a isso”, diz ao Omelete Elizabeth McGovern, a Lady Grantham da série.

Agora, a mudança vem em duas frentes: na charmosa villa na Riviera Francesa recém-herdada pela matriarca, Lady Violet (Maggie Smith), e na chegada de uma equipe de cinema que deseja usar Downton como locação. A propriedade, vale notar, precisa do dinheiro da produção para providenciar reparos importantes – no que constitui o maior desafio de Lady Mary à frente da casa, segundo sua intérprete, Michelle Dockery.

O maior desafio dela com certeza é o dinheiro”, diz a atriz. “Algo precisa acontecer para a casa ser mantida, e chega essa oferta. Quando a equipe do filme chega, há outros desafios, com os quais ela lida muito bem. Ela gosta de ser a chefe e estar no comando. Às vezes ela revira os olhos para tudo, mas ela adora”, brinca.

O filme dentro do filme gera comoção na casa, especialmente pela chegada de novos hóspedes – em particular, o diretor Jack Barber (Hugh Dancy), que desenvolve um interesse por Mary; a estrela Myrna Dalgleish (Laura Haddock), que não corresponde exatamente às expectativas de Anna (Joanne Frogatt) e Daisy (Sophie McShera); e o protagonista Guy Dexter (Dominic West), que se interessa pelo mordomo Thomas (Robert James-Collier).

Inicialmente, estar no set de Downton foi muito assustador”, relembra West. “Todos eram tão familiares que mal podia acreditar que estava lá. Me senti como alguém que venceu um prêmio”.

Na trama, a equipe do filme também enfrenta seus próprios desafios: embora sejam uma novidade em Downton, eles são parte de um filme mudo – mas veem seu negócio mudar fundamentalmente com a chegada dos filmes falados. Na avaliação de Jim Carter, o Carson, a trama funciona como uma metáfora para Downton: “A indústria muda, da mesma forma que Downton Abbey tem que se adaptar às novas realidades econômicas se pretende sobreviver”.

Na Riviera

Longe da casa, um grupo encabeçado por Lady e Lord Grantham vai à Riviera Francesa para saber mais sobre a nova propriedade herdada por Violet – marcando a primeira vez que os personagens da trama deixam o Reino Unido. “Foi ótimo para os nossos personagens tirá-lo da zona de conforto e colocá-los nessa zona de conforto, é algo que o público vai gostar bastante”, diz Allen Leech, o Tom Branson.

A experiência de mudar de ares foi particularmente bem-vinda para os atores após os lockdowns causados pela pandemia de Covid-19. “Até bem perto da data, não sabíamos se conseguiríamos ir”, lembra Laura Carmichael, a Lady Edith. “Mas chegamos lá e era um lugar absolutamente maravilhoso. Muitas vezes, nem parecia trabalho”.

Dowton Abbey II: Uma Nova Era está em cartaz nos cinemas.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.