Logos da Disney e da 21st Century Fox/Disney

Créditos da imagem: The Walt Disney Company/Divulgação

Filmes

Notícia

Cade aprova compra da Fox pela Disney no Brasil

Negócio estava sob avaliação por causa de um possível monopólio de canais esportivos por parte da Casa do Mickey

Nicolaos Garófalo
07.05.2020
19h35

Anunciada em dezembro de 2017, a compra da Fox por parte da Disney só foi aprovada nesta quarta-feira (6) pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no Brasil. O negócio estava sob avaliação por causa de um possível monopólio que a Casa do Mickey exerceria sobre canais esportivos na TV a cabo, já que a empresa, que é dona da ESPN, ficaria também com a Fox Sports (via UOL).

Com a aprovação, a fusão da Disney e da Fox no Brasil está liberada para seguir sem maiores obstáculos. A decisão é um importante passo para a chegada da Disney+ no país, já que o julgamento no caso vinha impedindo que a empresa investisse em suas propriedades no território nacional.

A decisão inicial do órgão, que previa a venda da emissora da Fox, caiu por terra quando nenhum dos compradores em potencial atendeu aos critérios estabelecidos para adquirir o canal. Com isso, o Cade decidiu que a Disney deverá manter a Fox Sports no ar até 2 de janeiro de 2022, arcando com todos os custos necessários para que a rede funcione normalmente até a data estipulada.

Por enquanto, a Casa do Mickey não se manifestou sobre o desdobramento do caso, nem sobre seu efeito sobre a chegada da Disney+ no Brasil.